27/07/2016

Até Setembro !

Fiz as duas mensagens anteriores e esta em dias seguidos,  o que não é meu hábito :)
Só voltarei aos blogues em Setembro!
 Vou dedicar-me à minha família, principalmente à minha filha (não a vejo há um ano e só a tenho comigo 20 dias), e tentar ir de férias :)
Até lá, meus amigos e amigas, fiquem bem e sejam muito felizes.

Beijinhos


ilustração de Mending Lucille


És o meu sol
O meu sorriso
Tudo aquilo que me faz feliz
És a minha flor 
A minha luz
A menina que eu sempre quis
És a primavera
Um passarinho
Uma princesa sempre a sorrir
És o meu mar
O meu destino
Um mundo inteiro a descobrir
És a minha âncora
O meu navio
A minha grande e eterna ilha
És a minha vida
O meu rumo
És a minha vida, a minha filha !



cliquem para ouvir - ABBA: Slipping Through My Fingers

26/07/2016

Já fui um passarinho colorido ...

[ O título desta mensagem, vem no seguimento desta outra.]
Pinterest

Nesta nossa breve passagem pela vida, todos nós passamos por momentos marcantes que são pontos de viragem na maneira como encaramos o "nosso mundo".
Os motivos podem ser positivos ou negativos, mas sabemos que a partir daquele instante, tudo se alterou profundamente, nada volta a ser como dantes.
Para mim, foi há dez anos, no dia em que descobri que tinha E.A.,uma doença que explicava as minhas terríveis dores  constantes.
A princípio neguei-a, revoltei-me, era impensável para mim viver para sempre com a sua presença dolorosa e constante. Amaldiçoei-a muitas vezes, andei à deriva muitas mais, mas um dia, tomei a decisão de a enfrentar, ou vencia ela, ou eu.
Comecei por conhecê-la melhor, investiguei até a seu respeito. Afinal, ela não era assim um "monstro" tão grande como supunha, até havia  maneiras de lidar com ela, torná-la mais suportável,  e porque não, até esquecê-la.
Partilhá-la também foi uma boa aposta, afinal havia mais gente com "companheiras" assim.
Aprendi aos poucos a conviver com ela, não posso dizer que gosto dela, mas também já não a odeio.  Caminhamos juntas na estrada da vida, tocando em frente, sempre !

 

Cliquem para ouvir - Tocando em Frente-Almir Sater (a letra foi-me inspiradora nessa época)

[Perante as doenças é preciso reavaliar nossos dias. Perante  doenças físicas e a nossa saúde mental é necessário reflectir: o que ela está buscando me ensinar? Paciência? Persistência? Humildade?
O tronco sofre os golpes do machado para que, derrubado, se torne nova utilidade. A montanha de granito padece a dinamitação, a fim de que se abram veredas para o progresso.
A árvore enfrenta a poda, de modo a exuberar de flores e frutos, na ocasião oportuna. Os grãos passam pela trituração e participam, com isso, da alegria da mesa farta. O bloco de pedra suporta a acção do buril e do cinzel para que liberte a obra de arte que o artista projecta. O violino resiste à distensão de suas cordas, de forma a permitir que o som harmonioso embalsame o ambiente com musicalidade].


 Trecho da palestra que Stephen Hawking 
concedeu para 400 pessoas no Royal Institute em Londres.