quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Meu filho... de olhos verdes.

foto de Justapain
Hoje vou escrever-te...meu filho de olhos verdes, pois temo que percas o encanto pela vida.
Sinto isso sempre que vejo os teus lindos olhos, ausentes com menos brilho.
Desde criança que sempre acreditaste nas minhas palavras, pois elas são de amor profundo.
Lembras-te... quando duvidavas de ti e eu sabia que ias conseguir, quando tinhas medo e eu dizia que eras o mais forte e quando tinhas quatro anos, lembras-te... recebeste uma medalha que dizia " EU NÃO CHOREI "porque te portaste com valentia quando foste fazer análises ao sangue.
Tantos e tantos momentos de vitórias que passámos juntos e tantos que ainda vamos celebrar.
Por tudo isto, ouve-me uma vez mais:

Segue o teu sonho, tem esperança no futuro,continua o caminho que com tanto empenho alcançaste.
Tu sabes... que tenho muito orgulho em ti !

Meu filho... de olhos verdes.



segunda-feira, 28 de setembro de 2009

REVOLTA!


O que se passa num país que desperdiça a sua Juventude!

A energia, a vontade, a inovação próprias dum jovem estão a ser substituídas pela desilusão, abandono e delinquência.
Não sei se a culpa é do governo , dos empresários ou da crise, só sei que criamos filhos, damos-lhes educação, ideais, alimentamos-lhes os sonhos de poderem um dia serem alguém...e depois tudo se desfaz em fumo...não arranjam emprego, ou se arranjam são explorados com os mais variados argumentos.
Estou farta de ver incompetentes a tomar conta de tudo, estou farta de ter esperança que um dia tudo mude...estou farta de estar farta!
Que me interessa a mim que o X ou o Y ganhem fortunas no futebol, que me interessa se fulano A ou B se casou pela milésima vez...querem nos embriagar com novelas, futebol, política de treta ...
Não dá, já perdi o respeito pelas instituições que só beneficiam quem faz parte da "elite" .


Hoje apeteceu-me deixar de lado poemas, lembranças, faz de conta..que me alimentam os dias, mas não mudam as coisas.

De uma amiga que me dá...tantos minutos de si.




Olá Amiguinha,

muito obrigada pelas notícias e pelo seu blogue.
Já dei uma espreitadela e gostei do que vi.

São " 5 " minutos que facilmente se poderíam
transformar em horas graças à sua inteligência
e sensibilidade. Continue, porque vale a pena.

Tentei deixar este comentário lá no blogue mas ainda
não sei como fazer porque não entendi aquela coisa do
perfil (?) . Bom, fica aqui dada a minha humilde opinião.

Ah, é verdade, acho que aquelas gavetas da Esperança
e dos Sonhos não são para fechar NUNCA, NUNCA ! É deixá-las
sempre abertas para que o perfume que exalam consiga invadir
todas as outras, até a última de todas, a das ninharias. Quem sabe
se algo que não tem importância hoje, não virá a ser muito importante
amanhã ... Tudo depende do olhar e do sentir ...

Beijinhos e um XI

Isabel ( e estou enviando também um gif para o blogue, se gostar claro ) "



...claro que gostei.

...lágrima...


É só uma lágrima que teima em cair...a qualquer momento a qualquer hora.
Ninguém precisa de saber...é mais fácil assim.
A vida continua...porque afinal,
é somente uma lágrima que teima em cair.



foto de TessJa

domingo, 27 de setembro de 2009

Estou enjoado...


...se calhar estou com gripe.

Acreditar !

foto tirada por mim

Há lugares cheios de magia... não sabemos explicar
Sentimos.

Elevamos o nosso espírito... comungamos a mesma
Paz.

Acreditamos que tudo é possível... basta acreditar com
Força.


Esquecemos a nossa mortalidade... a nossa imperfeição.

Retornei a Fátima
Libertei a minha mente

Enchi-me de Esperança e Fé
Renovei as minhas crenças
Obrigada
por me fazeres
Acreditar




quarta-feira, 23 de setembro de 2009

PROTESTO.......

Como é possível que as pessoas que estiveram no governo ao longo de várias décadas, sejam tão incompetentes ao ponto de me fazerem desacreditar no futuro.
Resolver os problemas estruturais do país e dos portugueses deveria ser a prioridade! Deveriam apresentar soluções neste período de campanha eleitoral.
O que verificamos é que se acusam mutuamente, sobre questões mesquinhas e sem interesse efectivo.
Encontrar verdadeiras soluções para o desemprego, saúde, educação, insegurança, era o que queríamos ouvir da boca dos candidatos a primeiro-ministro e dos deputados à Assembleia da Republica.
Aproximam-se eleições muito importantes para o nosso futuro, e a dias de votar, estou com a esperança desfeita, pois vejo os nossos jovens à deriva e a trilharem um caminho que não merecem.
Tenho pena, muita pena deste estado de coisas no nosso Portugal, porque amo o meu país!


terça-feira, 22 de setembro de 2009

aquele...olhar!













foto de snape



Olhei...
aquele olhar distante e triste
procurando uma migalha de ternura
naqueles que passam sem ver.

Uma vida que nada tem e nada pede
desistir assim tão facilmente
porque não vive em ninguém.

Para onde caminhamos,
se não vemos e não sentimos.

Porque não estendemos as mãos
para mudar...aquele olhar !


No meu quarto...


foto de Kayceeus


No meu quarto muito simples, dentro de uma casa modesta, numa terra igual a tantas outras tenho um armário com gavetas.
Cada gaveta tem a sua própria história e está cheia de magia.
Na primeira está a família, muitos afectos, emoções puras e verdadeiras, é uma gaveta muito estimada e está sempre bem fechada e arrumada.
Na segunda o cheiro da amizade inunda o quarto quando a abro, sabem...a amizade tem um cheiro próprio, feito de entrega, compreensão e estima.
A terceira é a mais difícil...pois há muita dor lá contida , tenho sempre que ter muita coragem e força para a abrir.
Na quarta há muita esperança e sempre que se abre, o quarto simples fica cheio de luz e cor,uma maravilha... gosto mesmo de abrir aquela gaveta.
A quinta e última guardei para os sonhos, é uma gaveta com algum mistério ou não fossem os sonhos desejos contidos...
Convém estarem sempre cuidadas, tentando não misturar o seu conteúdo, sempre que abro uma, tenho depois o cuidado de a fechar, pois não convém deixar abertas, expostas ao pó e a olhares indiscretos.
Ah! já me esquecia...existe ainda outra , para aquelas coisas sem importância nenhuma e que nos fazem perder tanto tempo. Evito-a, mas às vezes ainda dou por mim a abri-la.

Nesta terra com história, existe uma casa bonita, com um quarto colorido que tem um armário precioso cheio de gavetas forradas a veludo azul... da cor do céu.



segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Sem medo!


foto de Kayceeus



Espondilite Anquilosante é a minha "companheira" inseparável há seis anos e meio .
Ao princípio neguei-a, revoltei-me...zanguei-me com ela.
Era impensável para mim , viver para sempre, com a sua presença cruel e constante.
Amaldiçoei-a muitas vezes, andei à deriva muitas mais...
Fui-me acostumando... lentamente muito lentamente, tive que "baixar a guarda", ela era a mais forte !
Esgotada, tentei conhecê-la melhor...investiguei até a seu respeito...já que não a podia vencer !
Afinal, não era assim um "monstro" tão grande como supunha, até havia muitas maneiras de lidar com ela, torná-la mais suportável... até esquecê-la...
Partilhá-la também foi uma boa aposta, afinal havia mais "companhias" assim...
Hoje, faz parte da minha vida , não posso dizer que gosto dela...mas também já não a odeio...Caminhamos juntas na estrada da vida.
Finalmente...
Olho-a de frente , sem medo!



Está...lindo!

foto de Archar


Olho para a minha tela em branco, fecho os olhos e desligo-me do mundo.
Tenho sempre por companhia uma sensação de fracasso
pois não consigo passar para os meus dedos, o que sinto .

A grande diferença entre a vulgaridade e a genialidade:
Passar para uma tela em branco as cores da nossa vivência.
Sofro quando pinto, assim como sofro quando escrevo.
Reconheço a minhas limitações...e sofro

Olho para a minha tela em branco, expiro e olho em meu redor.
Lágrimas misturam-se com as tintas e pinto...
quando penso que tudo está perdido , quem amo me diz...

Está lindo!!!!!!!!!!!





Hoje é outro dia!

foto de Kayceeus


Ontem...foi um dia em que tudo parecia perdido, sombras levaram-me ao mundo paralelo que pensava ter esquecido.
Senti que não dominava a mente e mergulhei numa escuridão indescritível. Tive medo de ter medo e fiquei a um passo do abismo...
Mas, uma força poderosa chamou-me à realidade, o Amor que me liga ao meu marido, filhos, pais, este laço indestrutível e seguro que me trouxe de volta e me aquece o peito, a alma.
Ah! o que seria de mim sem este Amor que faz com que hoje seja ...outro dia!

Voa passarinho voa...

pintura de Liol


Voa passarinho voa....


Que triste é ver-te assim preso...
Será que cantas de alegria ou será que o teu canto
é para eu ver mais além...

Quanta vida passa por ti...
tanto céu para desfrutar, não vale a pena tentar
correr riscos e voar...

Voa passarinho voa...

Tua gaiola quebrei...
hesitas, tens medo, coragem eu sei que tens
abre as asas e arrisca...

Voa passarinho voa...


Ah! pudesse eu ensinar-te a voar...


Para ti meu companheiro e amigo!






Se amas...

a tua alma floresce cada manhã
E os teus olhos...
cantam brilhos desconhecidos
Se amas...
recantos perdidos em ti
se abrem e se dão aos outros
Sentes...
uma paz infinita
capaz de apagar a solidão do dia-a dia
Se amas...
vês numa flor...a alegria
numa pedra...a beleza
no Sol...a tua imagem
Sim! Se amas...
Cantas numa bandeira de glória
o teu mundo idealizado.


Nunca é tarde demais!

pintura de Lawrence Yang

Era uma criança com uma imaginação tão fértil que ninguém compreendia.
Vivia imersa mundo paralelo que a fascinava e nele se perdia.
Era ali que ela era feliz, o mundo dos sonhos e fantasia onde tudo é possível e permitido.
Mas como em todos os os sonhos há o despertar.
A criança deixou de o ser e a mulher em que se transformou deixou de visitar esse mundo.
Passaram os anos, pensou tê-lo esquecido, pura ilusão, redescobriu numa fase tardia da vida que a criança ainda estava presente, e o mundo dos sonhos sempre estivera dentro do seu coração.

Se calhar ainda não é tarde...

Fê Blue Bird