quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

UM NOVO ANO, UMA NOVA MANEIRA DE OLHAR!


Gostaria muito de possuir a sabedoria para inventar palavras que tivessem a força necessária para prender quem passa por aqui alguns minutos.
Não tenho esse dom infelizmente e por muito que me esforce acabo sempre por ser banal e simples nesta difícil arte da escrita.
Novo ano, novas esperanças, novos caminhos.
Claro que todos desejamos que tudo melhore, a saúde, o desemprego a política nacional e mundial, mas sabemos que não é fácil, nada é fácil neste século em que tudo parece estar ao alcance de um simples clique.
Parece que quanto mais "facilidades" possuímos mais difícil é chegar ás metas a que nos propomos.
Vi ontem um filme baseado num livro de Paulo Coelho que há muito tempo andava a adiar ver , nem sei bem explicar porquê, talvez porque o título é um pouco deprimente mas, como a minha querida amiga diz e bem, "tudo tem o seu tempo" e ontem era o tempo certo para ver este filme pois ele acabou por me dar a mensagem certa nesta época de final de ano.

No dia 11 de Novembro, Verónica decidiu que havia - afinal! chegado o momento de se matar...
e não se estava a matar porque era uma mulher triste, amarga, vivendo em constante depressão... Haviam duas razões:
A primeira é que tudo na sua vida era igual, e - uma vez passada a juventude - seria a decadência...
A segunda, Tudo o que se estava a passar no mundo estava errado e ela não tinha como reparar isso...
Quanto tempo me resta?- Repetiu Verónica, enquanto a enfermeira dava a injecção.
- Vinte e quatro horas. Talvez menos.
Ela baixou os olhos, e mordeu os lábios. Mas manteve o controlo.
- Quero pedir dois favores.
O primeiro, que me dê um remédio... de modo que eu possa ficar acordada, e aproveitar cada minuto que restar da minha vida. Eu estou com muito sono, mas não quero mais dormir, tenho muito que fazer - coisas que sempre deixei para o futuro, quando pensava que a vida era eterna. Coisas pelas quais perdi o interesse, quando passei a acreditar que a vida não valia a pena.
- Qual o seu segundo pedido?
- Sair daqui, e morrer lá fora. Preciso de subir ao castelo de Lubljana, que sempre esteve ali, e nunca tive a curiosidade de vê-lo de perto... quero andar na neve sem casaco, sentindo o frio externo - eu, que sempre estive bem agasalhada, com medo de apanhar uma constipação.
Enfim, Dr. Igor, eu preciso de apanhar chuva no rosto, sorrir para os homens que me interessam, aceitar todos os cafés para os quais me convidem.
Tenho que beijar a minha mãe, dizer que a amo, chorar no seu colo - sem vergonha de mostrar os meus sentimentos, porque eles sempre existiram, e eu escondi-os...
Quero entregar-me a um homem, à cidade, à vida e, finalmente, à morte.


Paulo Coelho "Verónica decide morrer"

 Se todos os nossos dias fossem vividos como se fossem os últimos quantos coisas mudaríamos, quantas palavras adiadas diríamos, quantos beijos e abraços daríamos e de certeza  tudo apreciaríamos de outro modo .
Esta é a minha simples mensagem de Ano Novo. 

Feliz 2010 





terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Festival de sonhos!

Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor.
Goethe


Acredito que "nada acontece por acaso", depois da minha  última mensagem até parece que foi de propósito este pedido que recebi através de email de uma amiga e professora do JP, não podia ficar indiferente e este Sonho.
Vamos transformá-lo em realidade, conto convosco!


"Olá Pais!

  Como muito pais sabem o JP frequenta o nosso colégio e fez 5 anos este
  mês. É um menino lindo, meigo e inteligente.
Infelizmente não consegue gatinhar nem andar. O JP tem paralisia
cerebral. Tem feito muitas terapias, com o objectivo de ultrapassar as
  suas limitações, mas que não são suficientes…
O JP precisa muito de ir a Cuba novamente, porque aí os tratamentos
  são mais eficazes para os casos mais graves. Infelizmente, o custo é
  muito elevado e por isso precisa da ajuda de todos para que concretize
  o seu sonho.
  O Festival de Sonho é um concurso no qual o João Pedro está a
  participar e a candidatar-se ao prémio final de 2.500,00 € que serão
  para ajudar na realização deste sonho de voltar a Cuba e começar a
  andar.
Para ganhar  tem de se ser o mais votado.  Bastam 2 minutos da vossa
  atenção. O que vos pedimos é um voto e que reencaminhem este nosso
  pedido a todos os vossos amigos e conhecidos – não custa nada!
   Ajudem mais uma vez o JP (http://um-euro-para-o-jp.blogspot.com) de 5
  anos que sofre de paralisia cerebral desde a nascença e votem no seu
sonho em:
   http://www.festivaldesonhos.com
  Assim que submeterem o vosso voto, logo após um minuto, recebem um
  email para confirmarem o mesmo. Não se esqueçam de o confirmar, pois
  sem isso o voto não será considerado válido.
  Contamos convosco!!!
  ­Isabel Jerónimo
  Colégio O Cantinho dos Amigos
Avenida José Afonso, 59
  Vale da Romeira - Arrentela
; 2840-736 SEIXAL
  Fax: 21 088 71 52
  http://www.ocantinhodosamigos.com

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Crianças de todos os países: SONHEM!

Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe:
”Que tamanho tem o universo?”
Acariciando a cabeça da criança,ele olhou para o infinito e respondeu:
”O universo tem o tamanho do seu mundo.”
Perturbada,ela novamente indagou:
”Que tamanho tem meu mundo?”
O pensador respondeu:
”Tem o tamanho dos seus sonhos.Se seus sonhos são pequenos,sua visão será pequena,suas metas serão limitadas,seus alvos serão diminutos,sua estrada será estreita,sua capacidade de suportar as tormentas será frágil.
Os sonhos regam a existência com sentido.Se seus sonhos são frágeis,sua comida não terá sabor,suas primaveras não terão flores,suas manhãs não terão orvalho,sua emoção não terá romances.A presença dos sonhos transforma os miseráveis em Reis,faz dos idosos,jovens,e a ausência deles transforma milionários em mendigos faz dos jovens idosos.
Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história,fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades. Sonhe!"

Augusto Cury


quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL CHEIO DE LUZ !

E se eu disser que
dentro de você mora um anjo que se reveste de luz
para fazer novos amigos?
E se eu disser que dentro de você existe uma paz infinita que o torna tão amigo e querido?
E se eu disser que dentro de você existe luz e que essa luz apaga a inveja, a discórdia e a guerra?
E se eu disser que
dentro de você existe
um cupido que espalha amor e que flecha meu coração?
E se eu disser que você
é iluminado pelas estrelas e seus olhos parecem reflexo dessa luz?
E se eu disser que você é divinamente concebido
e tem dentro de si tudo o que precisa para viver?
E se eu disser que dentro de você existe uma fera que sabe lutar e defender os seus?
E se eu disser que dentro de você habita uma chama que é capaz de incendiar uma cidade?
E se eu disser que dentro de você mora um inventor
capaz de criar mil maneiras de fazer a mesma coisa?
E se eu disser que dentro de você existe um construtor que é capaz
de criar novos caminhos?
E se eu disser que dentro de você existe um elo de corrente que o liga ao sobrenatural tão facilmente?
E se eu disser que você é um deus, e que possui a chave da vida eterna...
Da alegria que não acaba, dos sonhos que se realizam, da saúde que se perpetua, dos amigos que nunca o esquecem!
Da saudade gostosa, do desejo que realiza, do prazer da vida?
Você é a própria luz.
Acredite nisso e brilhe,
por amor a você e a quem o criou.
Construa, viva, conquiste,
não aceite as derrotas, os "nãos”!
O impossível é apenas uma força te convidando para realizar.
Acredite.
Dentro de você existe um universo em permanente construção.
 Paulo Roberto Gaefke




Um Natal cheio de LUZ é o meu desejo para todos que passam aqui...alguns minutos.
FELIZ NATAL!



Hoje deu-me uma vontade....

...de estar aqui sentada,  a ler um bom livro ..........porque será :)




segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

"ÁGORA"-Um filme impressionante!



Vi no sábado este filme magnífico e confesso que há muito tempo que um filme não me "satisfazia" assim.
Com um elenco onde se salienta Rachel Weisz, que já me tinha impressionado em "The Fountain" , este filme tem tudo, momentos dramáticos e momentos onde o espectador é obrigado a usar o seu espírito crítico.
O realizador Alejandro Amenábar, fez um filme que se pode considerar um épico.

Uma história  filmada em pleno Egipto com detalhes autênticos e um elenco de diversas nacionalidades, Ágora prima pela precisão, pelo entretenimento que oferece e também pelo carácter educacional que assume. Infelizmente acho que por não se tratar de um filme que aborde aspectos mais comerciais, talvez não venha a ter o retorno merecido.

Rachel Weisz é a protagonista com a sua personagem Hypatia, uma lendária filosofa e matemática da antiga Alexandria, numa altura em que o Império Romano começava a entrar em declínio e a aceitar o Cristianismo como a religião legal, sendo que a religião é um dos pontos chave do enredo do filme. Seria o confronto entre o Cristianismo e os interesses pagãos a despoletar uma revolta dos Cristãos.

Na primeira parte do filme conhecemos Hypatia como professora, a ensinar matemática e astronomia aos seus discípulos e a tentar solucionar o enigma das órbitas planetárias em torno do Sol. Famosa por guiar a sua vida pelas Ciências e não seguir cegamente uma religião, normalmente não fazia distinções entre os seus alunos, quer fossem Cristãos ou Pagãos, embora, em situações de maior pressão, revelasse algum desdém pelos escravos. Ao não revelar diferenças entre as duas religiões, originou uma situação de um triângulo amoroso, entre o seu escravo Davus (Max Minghella) e Orestes (Oscar Isaac). No entanto, este aspecto não é muito explorado, uma vez que a acção principal centra-se no confronto entre as duas principais religiões da região.
Na segunda parte do filme, verifica-se novo confronto entre ideais religiosos, visto que grande parte dos Pagãos se converteram ao Cristianismo, os Cristãos focaram as suas atenções nos Judeus, uma religião emergente.

Ágora viveu para as expectativas de um filme épico, muito simples, muitos bons pormenores na sua filmagem, perfeito equilíbrio entre a história e a dramatização, onde o elenco esteve soberbo, especialmente na performance de Max Minghella, onde a sua passagem de escravo a soldado Cristão é uma das imagens que será certamente recordada. Amenábar correu um risco deste filme poder ficar um manifesto anti – Cristianismo, com diversas cenas de violência, o que não foi um caso, embora possamos considerar um manifesto contra o extremismo.

Será Ágora muito avançado para o seu tempo? Talvez! No entanto, o seu carácter épico, seja de que forma for, deixará uma importante marca em todos os espectadores.



ver trailer aqui

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Blue Bird

 Já fui um passarinho colorido
com penas mágicas envaidecido.
Um dia... minhas penas perdi,
quebrei...chorei...quase desisti.

Mas...renasceram novas penas...

De um azul forte e glorioso
 e num dia de SOL...


c  a  u  t  e  l  o  s  o
 olhei para o céu
            minhas asas abri...
...e voei...voei... para mim !



segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

EM ALGUNS LUGARES A ÁGUA JÁ NÃO EXISTE...

A SITUAÇÃO É MAIS SÉRIA DO QUE PODEMOS IMAGINAR.








Delhi-India.Todos querem apenas um pouco de água...
 











 
Dois sudaneses bebem água do pântanos com tubos plásticos, especialmente concebidos para este fim,
com filtro para filtrar as larvas flutuantes responsáveis pela enfermidade da lombriga de Guiné.
O programa distribuiu milhões de tubos e já conseguiu reduzir em 70% esta enfermidade debilitante. 














Os glaciais que abastecem a Europa de água potável perderam mais da metade do seu volume
no século passado. Na foto, trabalhadores da estação de esqui do glacial de Pitztal, na Áustria, cobrem o glacial
com uma manta especial para proteger a neve e retardar seu derretimento durante os meses de verão...














As águas do delta do rio Níger são usadas para defecar, tomar banho, pescar e despejar o lixo.
 














Água suja em torneiras residenciais, devido ao avanço indiscriminado do desenvolvimento..



TEMOS QUE VALORIZAR A ÁGUA!
EM ALGUNS LUGARES ELA JÁ NÃO EXISTE...



"Não venci todas as vezes que lutei.
Mas perdi todas as vezes que deixei de lutar''
anónimo

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Balada da Neve

 Para "inaugurar" a neve que cai aqui de mansinho no meu blogue ( uma surpresa de uma  amiga querida), nada melhor que o lindo poema de Augusto Gil.


Batem leve, levemente,
como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
e a chuva não bate assim.
É talvez a ventania:
mas há pouco, há poucochinho,
nem uma agulha bulia
na quieta melancolia
dos pinheiros do caminho…
Quem bate, assim, levemente,
com tão estranha leveza,
que mal se ouve, mal se sente?
Não é chuva, nem é gente,
nem é vento com certeza.
Fui ver. A neve caía
do azul cinzento do céu,
branca e leve, branca e fria…
. Há quanto tempo a não via!
E que saudades, Deus meu!
Olho-a através da vidraça.
Pôs tudo da cor do linho.
Passa gente e, quando passa,
os passos imprime e traça
na brancura do caminho…
Fico olhando esses sinais
da pobre gente que avança,
e noto, por entre os mais,
os traços miniaturais
duns pezitos de criança…
E descalcinhos, doridos…
a neve deixa inda vê-los,
primeiro, bem definidos,
depois, em sulcos compridos,
porque não podia erguê-los!…
Que quem já é pecador
sofra tormentos, enfim!
Mas as crianças, Senhor,
porque lhes dais tanta dor?!…
Porque padecem assim?!…
E uma infinita tristeza,
uma funda turbação
entra em mim, fica em mim presa.
Cai neve na Natureza
e cai no meu coração.
Augusto Gil

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Para reflectir...


Lentamente as ondas começam a alcançar cada vez mais longe.  Se ama outras pessoas, então  vai começar a amar os animais, os pássaros, as árvores, as rochas.  Pode  preencher o universo inteiro com seu amor. Uma pessoa só,  é suficiente para preencher todo o universo com amor, assim como um simples seixo pode encher todo o lago com ondulações - um pequeno seixo.


  The Way of the Buddha