sexta-feira, 31 de agosto de 2012

[para o fim de semana]

Seeds Of Love

I sowed the seeds of love
I sowed them in the spring
I gathered them up in the morning so clear
When the small birds so sweetly sing
When the small birds so sweetly sing

«Bateu as asas e partiu rumo ao horizonte.
No seu olhar marejado levava aquele último vislumbre do seu filho que partia.
Uma única lágrima deslizou-lhe por entre as penas.
Ele está feliz, pensou.
Ele está feliz e é tudo o que me importa…»
Fê Blue Bird.
BOM FIM DE SEMANA!
beijinhos

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

PRECISAMOS URGENTEMENTE DESTA APLICAÇÃO !

APLICAÇÃO PARA DETECTAR AS MENTIRAS DOS POLÍTICOS

Já existe uma aplicação para iPhone e iPod Touch capaz de descobrir se aquilo que os candidatos a cargos políticos prometem em público será verdade. "SuperPacAPP" é o nome desta invenção norte-americana que pretende revolucionar as campanhas políticas.

Esta aplicação foi concebida com o objectivo de tornar as eleições e campanhas eleitorais o mais transparentes possível. Desta forma, sempre que um candidato tiver o seu tempo de antena na televisão, os utilizadores da aplicação poderão saber se aquilo que é dito corresponde à verdade.

Para que a aplicação funcione basta posicionar o telemóvel ao nível da televisão quando estiver a ser emitida a campanha eleitoral.

A partir daí, através de uma tecnologia de reconhecimento áudio, a “SuperPacAPP” é capaz de detectar quem está no anúncio, quanto dinheiro foi gasto para o fazer e, sobretudo, se aquilo que é dito e prometido pelo candidato político é baseado em factos verídicos.

Além destas funcionalidades, a nova aplicação permite aos utilizadores atribuir uma classificação a cada anúncio a partir das informações previamente fornecidas. Estas avaliações feitas pela população têm como objectivo orientar os votantes entre si quanto à transparência dos candidatos.

  

A criação, da autoria da jornalista Jennifer Hollett e do consultor Dan Siegel, foi desenvolvida pela empresa Glassy Media a pensar especialmente nas eleições presidenciais norte-americanas que decorrem este ano. Assim sendo, neste momento, a aplicação funciona apenas nos Estados Unidos.
Para aceder à página da "SuperPacAPP" clique AQUI.

retirado do blogue "INTERNET PARA TODOS"

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

O DIREITO DE SONHAR!

querem roubar-me os sonhos
um dia tenho-os
no outro não
por favor
encontrem-me
esse ladrão

Fê Blue Bird
...porque todos temos o direito de sonhar, ou o direito ao delírio, como escreve Galeano.
El Derecho al Delirio by Eduardo Galeano

“Ela (a utopia) está no horizonte,
Aproximo-me dois passos e ela
Afasta-se dois passos
Avanço dez passos e o horizonte
Distancia-se de mim dez passos;
Posso ir tão longe quanto quiser: nunca lá chegarei.
Para que serve então a utopia?
Para isso: para avançarmos.”



«Alguns têm na vida um grande sonho e faltam a esse sonho. Outros não têm na vida nenhum sonho, e faltam a esse também.»
foto: O Poder da Imagem

domingo, 26 de agosto de 2012

Espero encantar-vos !

VOLTEI!
Renovada e com novo visual  :)

Ofereço-vos este mar que me encanta e que espero vos encante.

{Aos poucos vou-vos visitando, tive muitas saudades vossas.}

Se o oceano não fosse
essa casa de Cabral
esse sal, que à água doce
trouxe às naus de Portugal
O movimento maior
que levanta o albatroz
num grito que deu a voz
à fala do Adamastor
Se o mar não fosse o caminho
das terras da nossa terra
que guerras teria a paz
que paz nos traria a guerra
Ai, se este mar não soubera
o que ninguém adivinha
que nova carta escrevera
o Pêro Vaz de Caminha
E as índias da nossa idade
no mais fundo da viagem
dão vice-reis da coragem
guerreiros da eternidade
Esse mar que Luíz Vaz
derrotou com um poema
mensagem que o tempo traz
porque tudo vale a pena
Há esse cântico negro
do mais régio dos encantos
de alma grande tão pequena
que nunca atrevera tanto
Fez-se ao mar a caravela
com panos de liberdade
e ao cheiro de outra canela
o reino fez-se cidade
Ai, se este mar não soubera
o que ninguém adivinha
que nova carta escrevera
o Pêro Vaz de Caminha
E as índias da nossa idade
no mais fundo da viagem
dão vice-reis da coragem
guerreiros da eternidade.
imagens: Fê Blue Bird (praia da Salema e Sagres)
poema:  Mar português -  Lúcia Moniz

Beijinhos
«Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.»

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Estou no sul, Azul

foto minha


Tem mil anos uma história
De viver
Há mil anos de memória a contar
Ai, cidade á beira-mar
Azul

Se os mares são só sete
Há mais terra do que mar ...
Voltarei amor com a força da maré
Ai, cidade à beira-mar
Ao sul

Hoje
Num vento do norte
Fogo de outra sorte
Sigo para o sul
Sete mares

Foram tantas as tormentas
Que tivemos de enfrentar...
Chegarei amor na volta da maré
Ai, troquei-te por um mar
Azul

Hoje
Num vento do norte
Fogo de outra sorte
Sigo para o sul
Azul