sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Sonhou que voava...


Sonhou que voava
num céu tão alto
para lá do azul
tinha asas de aventura, ilusão

Foi sem muito jeito
encheu o peito
saltou no azul
deixou lá em baixo o medo
junto ao chão

Quem te disse
que era esse lugar feito para ti
pássaro sem asas
de um sonho proibido

Mas se tu voares
para esse lugar
sabe que eu também vou junto
leva-me contigo

Ícaro alado,
quem te derrubou?
Com asas de cera
ave que não era
foi um sol ardente
que ninguém imaginou


ÍCARO de Pedro Jóia. Do álbum Ariadne de Adriana Queiroz





“Podes sonhar, criar, desenhar e construir o lugar mais maravilhoso do mundo.
Mas é necessário ter pessoas para transformar o teu sonho em realidade...“


É tão bom voltar aqui !

Beijinhos 



quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Obrigada!


sinto o cheiro intenso do mar
embriagada pelo seu aroma
deito-me na areia
os seus grãos são carícias
para o meu corpo sedento, cansado
mergulho neste mar
deixo-me abraçar pelas ondas
recebendo os seus ímpetos
à natureza me entrego completamente
e nesta simbiose
encontro-me

.


fotos minhas
Meus amigos e amigas, obrigada pelas vossas mensagens e comentários de carinho e amizade.
Tive que vir a Lisboa, mas vou voltar de novo para o Algarve, onde
 faço questão de não ver televisão nem tenho acesso à Internet , [é mesmo para descansar] :)
Até final de Agosto.

Beijinhos a todo(a)s