quarta-feira, 25 de junho de 2014

{ o meu cavalo alado }


Kinuko Craft
 .

tenho um cavalo alado dentro do meu peito
que me toca no coração com o seu galope
que me abraça com as suas crinas
que me afugenta os demónios
e corre veloz em busca do meu trote

porque estás meu cavalo alado à solta dentro de mim ?
quem te deu as asas com que me enches de sonhos ?
quem te trouxe encavalitado na minha dor e te fez meu?


tenho um cavalo alado só meu
agradeço a quem mo deu


.


8 comentários:

  1. Gostei do poema e da imagem.
    Sou fã do Ney Matogrosso.

    Um beijo :)

    ResponderEliminar
  2. Boa noite querida amiga gosto muito desta musica cantada pelo exuberante Ney Matogrosso ,como também já ouvi pela voz dos Ciganos d'Ouro ,duas interpretaçoes fantásticas ,muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  3. A voz rouca e inconfundível do Ney Matogrosso é por si só um cavalo alado, amiga Fê!

    Também eu gostaria de ter um, que me levasse no seu dorso, voando pelo mundo da fantasia sem tristeza nem mágoas!

    Beijinhos amigos, Fê.:)

    ResponderEliminar
  4. Minha Alma
    sei quem me a deu
    branca égua
    que não se dá, nem se entrega
    tal como Eu

    (belo isso, nem precisava do Ney)

    ResponderEliminar
  5. Inspirada, com cavalo :)
    E com Ney Mato Grosso, a acompanhar, não podia haver melhor simbiose.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Voar com o cavalo alado é a única saída. Gostei do poema.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  7. É óptimo ter um cavalo alado dentro de nós e voar, voar, sem limites. Beijinhos

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird