sexta-feira, 28 de novembro de 2014

” ... saibamos fazer pausas para olhar os lírios do campo e as aves do céu.” *

* Érico Veríssimo


procuro na beleza inspiração
 é tão difícil sentir sem conseguir
 transmitir esta latente sensação
 que bate forte e que não desiste 
 contraste em mim persiste
 branco negro alegre triste
 simples e refinadamente 
 não sai nada que mereça atenção
 porque genialidade essa existe 
 mas não está na minha mão 

 Fê Blue Bird 

BOM FIM DE SEMANA !

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Todas as noites ...





todas as noites
dou corda aos sonhos
porque não sei
quando vão parar 

 o que seria de mim sem eles
 não conseguia decerto vos contar

 todas as noites
 lavo o meu corpo
 da dor maldita 
 que teima em me sujar

 o que seria de mim sem ela 
 já desisti de tentar imaginar 

 todas as noites 
adormeço a esperança
 tendo o cuidado
de não a acordar

 o que seria de mim sem ela
 deixaria para sempre de sonhar 

 Fê  blue bird



domingo, 23 de novembro de 2014

Charlie e Scout

Desde o momento em que se conheceram, Charlie (o cão) e Scout (a gatinha) ficaram  inseparáveis. 
Quando Scout foi para casa dos novos donos, estava amedrontada, mas Charlie decidiu que seria o seu protector.
Nessa noite Scout aninhou-se junto ao cão e adormeceu, a partir daí, onde quer que Charlie fosse, Scout seguia atrás.


Quando Charlie adoeceu com cancro, Scout esteve sempre ao lado dele, e quando ele morreu ela ficou completamente perdida.


Para consolar Scout, o seu dono exibe no iPad vídeos de Charlie, pois só assim ela fica serena.



Com este bonito exemplo de amizade
desejo-vos uma excelente semana.

Fê blue bird

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Parabéns Carlos do Carmo

"Num momento de sofrimento como o que o meu povo está a viver, e a minha pátria está a viver, a alegria que possa dar às pessoas, apesar da simplicidade que as coisas têm - isto não lhes mata a fome, nem lhes arranja emprego -, mas que possa dar-lhes uma alegria, já fico muito contente"
Carlos do Carmo


.....
Lisboa no meu amor, deitada
Cidade por minhas mãos despida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da nossa vida

*

BOM FIM DE SEMANA !

Fê blue bird

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Perfume ...


@
Não têm o mesmo cheiro por todo o corpo,
se bem que todo o corpo cheire bem.
Por exemplo, os pés têm o cheiro
de uma pedra macia e quente
ou de manteiga fresca...
E o corpo cheira a panquecas
que tenham sido ensopadas em leite.
E as cabeças , no cocoruto e na nuca,
onde o cabelo forma um redemoinho...
é aqui que eles têm o cheiro
mais agradável de todos .
Cheira a caramelo.
A partir da altura
em que se cheirou essa região do corpo deles,
é impossível não os amar,
quer sejam nossos filhos,
ou filhos de outras pessoas.

Patrick Suskind



Boa Semana !

Fê blue bird

 

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

' virou passarinho '

 Morreu um dos grandes poetas brasileiros
Neta do poeta  diz que ele 'virou passarinho'. 


DE PASSARINHOS

Para compor um tratado de passarinhos
É preciso por primeiro que haja um rio com árvores
e palmeiras nas margens.
E dentro dos quintais das casas que haja pelo menos
goiabeiras.
E que haja por perto brejos e iguarias de brejos.
É preciso que haja insectos para os passarinhos.
  Insectosde pau sobretudo que são os mais palatáveis.
A presença de libélulas seria uma boa.
O azul é muito importante na vida dos passarinhos
Porque os passarinhos precisam antes de belos ser
eternos.
Eternos que nem uma fuga de Bach.


MANOEL DE BARROS
Compêndio para uso dos pássaros




Manoel de Barros foi voar com os seus pássaros, mas estará sempre presente através da eternidade dos seus poemas.

Fê blue bird

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

" nha cretcheu “

O Verdadeiro Gesto de Amor  

"Aquilo que de verdadeiramente significativo podemos dar a alguém
 é o que nunca demos a outra pessoa, porque nasceu e se inventou por obra do afecto. 
O gesto mais amoroso deixa de o ser se, mesmo bem sentido, representa a repetição
 de incontáveis gestos anteriores numa situação semelhante. 
O amor é a invenção de tudo, uma originalidade inesgotável.
 Fundamentalmente, uma inocência."

Fernando Namora, in 'Jornal sem Data'


 

A expressão Cabo Verdiana "nha cretcheu", significa meu/minha querido(a), mas apenas se usa em casos de extrema dedicação e carinho e sempre que a pessoa visada habita bem no fundo do nosso coração. É curioso como certas expressões fora da nossa língua dão um "click" na nossa percepção emocional e nos fazem sentir que as palavras, seja qual for o idioma, têm o condão de transmitir, de um modo abrangente, sentimentos e afectos.





sair à rua com uma sede imensa
de te esquecer
sentar-me num lugar com indiferença
por não te ver
e de repente sei que é isto que eu não quero
olhar à volta e saber que ainda te espero
sentir a sensação de quem não está no seu lugar
não quero lá estar
assim...

nha cretcheu
nha cretcheu...

voltar a casa com um sentimento
de solidão,
fingir que estás no pensamento
sem razão
e de repente sei que é isto que não quero
voltar a casa e saber que ainda te espero
fazer de conta que já estou no meu lugar
mas não quero lá estar
assim...

nha cretcheu
nha cretcheu... 



Nha Cretcheu
Sara Tavares
Composição: Sara Tavares e Ani Fonseca

*

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Só Eu Sinto Bater-lhe o Coração

©1998 Sandra Bierman

Dorme a vida a meu lado, mas eu velo.
(Alguém há-de guardar este tesoiro!)
E, como dorme, afago-lhe o cabelo,
Que mesmo adormecido é fino e loiro.

Só eu sinto bater-lhe o coração,
Vejo que sonha, que sorri, que vive;
Só eu tenho por ela esta paixão
Como nunca hei-de ter e nunca tive.

E logo talvez já nem reconheça
Quem zelou esta flor do seu cansaço...
Mas que o dia amanheça
E cubra de poesia o seu regaço!

 
Miguel Torga, in 'Diário (1946)'




“A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração.”
―Charles Chaplin

*
BOA SEMANA !

Fê blue bird

domingo, 9 de novembro de 2014

porque hoje é um dia especial...

 ... e nestes dias os pássaros serenam nas árvores.




Há 25 anos fui mãe pela segunda vez e pela primeira vez não posso abraçar a minha filha, a distância não o permite.
um sentimento indescritível que o imenso AMOR que lhe tenho apazigua.

 olhar, ouvir e sentir o belo

é a melhor homenagem
que te posso fazer

minha FILHA *

minha LUZ


 * como os animais são a tua vida, 
sei que vais gostar da foto que escolhi

Fê blue bird




sexta-feira, 7 de novembro de 2014

BOM FIM DE SEMANA !





Quando pensei que estava tudo cumprido,
havia outra surpresa: mais uma curva
do rio, mais riso e mais pranto.

Quando calculei que tudo estava pago,
anunciaram-se novas dívidas e juros,
o amor e o desafio.

Quando achei que estava serena,
os caminhos se espalmaram
como dedos de espanto

em cortinas aflitas. E eu espio,
ainda que o olhar seja grande
e a fresta pequena.
 
 
Lya Luft - TODAS AS ÁGUAS



When you're weary
Feeling small
When tears are in your eyes
I will dry them all

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Mare Magnificat



O vento leva nas vagas
Asas vibrantes de choro
E é nesse mar que eu moro
Mar-terra sangue nosso

Amar-te mais eu não posso
Meus cabelos de água
Trazem paixão, levam mágoa
Batel de bruma e bravura

Ecoa eterno lamento
Brota vida, sustento.
O mar leva nas vagas
Glória, memória, esplendor

Traz a coragem nas algas
Leva-me a ti, meu amor




Refrão:

Mare nostrum
Sanguis nostrum, anima
Facultatis, magnificat
Mare vivum
Patriæ nostram, potens
Ad æternum, magnificat


autor do poema :  Alex Fan Moniz 


*
Music: Abel Chaves & Yolanda Soares



fotos minhas-Algarve 2014