sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Primeiro post de 2015 .


 «Todos temos um lugar onde a vida se acerta. Cada mundo tem um centro. O meu lugar não é melhor do que o teu, não é mais importante. Os nossos lugares não podem ser comparados porque são demasiado íntimos. Onde existem, só nós os podemos ver. Há muitas camadas de invisível sobre as formas que todos distinguem. Não vale a pena explicarmos o nosso lugar, ninguém vai entendê-lo. As palavras não aguentam o peso dessa verdade, terra fértil que vem do passado mais remoto, nascente que se estende até ao futuro sem morte.

Galveias -  José Luís Peixoto



As imagens que se seguem mostram-nos emocionantes experiências humanas. 
Algumas são bonitas, corajosas e inspiradoras, mas outras são muito tristes e revelam o lado mais negro da humanidade.

Refeição em família na Sibéria
Mãe e filha. ( reparem na cor dos olhos)

Uma menina Palestiniana com uma arma na cidade de Gaza

Menino tenta levantar o seu pai alcoólico.

Rapaz nómada da tribo Suri na Etiópia

Um monge e seu irmão
Ashol Pan, 13 anos,caçadora de águias, Mongólia.
Menina sobrevive 11 dias na floresta Siberiana.

 Estranhos tentam salvar uma mulher que tentou o suicídio com uma faca de sobremesa.

Uma menina etíope da tribo Hamer.

Rebelde sírio, sete anos de idade.


Um menino alimentando a sua mãe deficiente.

 Hora do chá na Península de Yamal, perto da Sibéria

Mineiro chinês.

Soldado chora colegas mortos na guerra.

Após 72 anos juntas, duas mulheres casaram em Iowa.

Mãe e filha, ambas atacados por seu marido e pai com ácido.

Meninos cegos albinos frequentam escola missionária na Índia

Jovem mulher soldado Isaraelita

Mulher a fazer uma pausa no festival Burning Man

Agricultora de arroz vietnamita

Bebé albino com três semana de idade dormindo com seu primo em Kinshasa, no Congo

Menina malgaxe caminha por entre as árvores, Madagáscar.

Toshimana,  aprendiz de gueixa em Kyoto, Japão


Uma menina de Yazidi senta-se na fronteira sírio-iraquiana

Jovem salva irmã  na Síria.

Jovem de Yazidi protege a sua família com uma arma de assalto.

 fonte: Imgur

“Lembrei que tinha lido em algum lugar que a dor é a única emoção que não usa máscara.”
―Caio Fernando Abreu


BOM FIM DE SEMANA !

Fê blue bird

12 comentários:

  1. É, de facto, um Mundo Cão aquele em que vivemos!!

    Coragem para enfrentarmos este novo ano! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Mostraste muito bem! Imagens lindas e outras fortes, expressivas! Beijos, tuuuuudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Como posso dormir com estas imagens? Uma excelente escolha para uma grande lição.
    Bj

    ResponderEliminar
  4. É por tudo isto que digo sempre que o meu ano foi bom, que tenho tudo o que preciso e muito mais.

    Algumas imagens são lindas, outras são arrepiantes. Infelizmente o mundo ainda é assim. Tão triste em muitas destas fotos...

    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
  5. Habituado e treinado a descortinar o que nem sempre é visível encontro um lugar comum a todas as fotos. De certa maneira, é a humanidade. Inteira. Tal como é, em cada lugar. É assim. Mas não há determinismo nesse ser. Não basta ficar a olhar e lamentar...

    (não sei onde é que esta mulher me vai buscar coisas destas.
    Se a sua intenção era desassossegar.
    Desassossegou,
    Desassossegou mais do que já estou)

    ResponderEliminar
  6. De facto o Rogério tem razão, amiga Fê!

    Começaste o Ano com um post que nos toca muito fundo e nos desassossega!

    Este é um mundo que avança para o caminho da barbárie, do abandono e do retrocesso da Humanidade..

    Salvam-se algumas imagens lindas e curiosas. A beleza maior está na imagem de topo com o recém-nascido, lindo e inocente, sendo coberto pelas estrelinhas, como uma bênção e um hino à Vida!

    Feliz ANO, minha amiga.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. Que mais a acrescentar, que as imagens! valem mais que mil palavras!
    E que realmente a dor, não têm máscara...
    Mas que 2015, seja o ano de renascer, que depois das grandes catástrofes, vem a recuperação...
    Beijinhos prima Fê, vamos começar com esperança

    ResponderEliminar
  8. Esta minha visitinha rápida não invalida que eu volte com mais tempo e comente.
    O “copy & paste”, de que me estou servindo e só uso quando não tenho alternativa, serve apenas para agradecer a tua última presença no ÉS A MINHA DEUSA.
    Que 2015 seja particularmente benéfico e realize os teus sonhos.
    Até tão breve quanto possível. Obrigado pela compreensão.
    Um beijo/abraço.
    MIGUEL

    ResponderEliminar
  9. Querida amiga de facto sao imagens que captam toda a infelicidade que tanta tristeza causa principalmente a quem a sofre ,mas nos somos uns sortudos apesar das dificuldade que cada um atravessa sao tao pequeninos perante o sofrimento do nosso irmao que sofre tantas vezes em silencio porque ninguem os escuta ate ao momento que o problema nos afete ,temos infelizmente o Ebola que e preocupaçao do mundo porque nos pode atingir ,o resto como a fome ,guerra,os massacres passam ao lado afetando milhares de inocentes ,infelizmente continuaremos a viver num mundo com duas realidades ,muitos beijinhos querida amiga .

    ResponderEliminar
  10. Algumas imagens cortam o coração.

    O novo 'header' é de uma sensibilidade contagiante.

    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  11. Um retrato do mundo que vivemos: tantas vezes vida, tantas vezes morte...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  12. O mundo tem muita beleza mas pode ser muito feio. Nós queixamo-nos e desesperamos tantas vezes mas se nos lembrassemos de alguns dos exemplos que aqui publicaste.....Adorei a imagem jdo blog e espero que o teu ano tenha começado com a felicidade de um bebé. Beijinhos

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird