domingo, 15 de fevereiro de 2015

E porque hoje é domingo...


Amanda Cass

Fome de Amor,
de Valdo*

Um dia, de noite,
numa rua escura algures na cidade
encontrei-me a sós comigo
na solidão.
E foi então
que me senti de repente
assaltado pelo desejo veemente
de amar perdidamente
algo que fosse alguém
não importa quem.

Uma virgem santa, pura,
raio de sol
naquela noite escura
ou uma prostituta
já sem nada de seu.

Mas eu queria amar
perdidamente
alguém que me levasse ao céu.

(Texto transcrito da gravação)



* Recluso da prisão de Custóias
Inéditos I - Poemas Proibidos (1972) e Recital em Custóias (1986)


BOA SEMANA !

Fê blue bird

13 comentários:

  1. Amor , amar e ser amado ,lindissimo momento querida amiga ,desejo-lhe uma semana cheia de paz e amor ,muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Não há fome que mais destrua, mais consuma, torture e doa, do que a fome de amor!

    Um poema intenso, que retrata a solidão mais profunda: a ausência de alguém a quem amar...E quem melhor para o dizer que o saudoso Mário Viegas?
    Não tenho mais palavras!

    Beijinhos e boa semana, amiga Fê!

    ResponderEliminar
  3. Profundo!
    O pior inimigo do ser humano, a solidão.

    Beijinhos Fê

    ResponderEliminar
  4. Fiquei sem palavras!!!
    Excelente!
    Beijinho amiga Fê
    Maria

    ResponderEliminar
  5. ~
    ~ ~ O poema é interessante...

    ~ ~ Quanto a leitura, gosto muito da minha.

    ~ ~ Uma semana muito agradável, Fbb. ~ ~
    ~ ~ ~

    ResponderEliminar
  6. O único diseur de que sempre gostei!! Que bem dizia!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Solidao... Deve ser terrivel!!! Sem ninguem para amar...
    Linda a sua postagem!
    Bjs e uma noite de paz!

    ResponderEliminar
  8. Mário Viegas dizia sempre a poesia muitíssimo bem. Gostei do poema e da imagem também !

    ResponderEliminar
  9. Fê, belíssimo e profundo poema! A solidão é um grande vazio!
    O blog tá lindo!
    Beijos
    Amara

    ResponderEliminar
  10. Mário Viegas era fantástico.
    Lembra-se do Kilas, o Mau da Fita??
    Hilariante!
    Num registo completamente diferente deste.
    Beijinhos, votos de boa semana

    ResponderEliminar
  11. Um querer profundo de quem se sente perdido nas brumas da solidão.
    Lindissimo.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird