terça-feira, 3 de março de 2015

{ insónias }




deito-me.
 adormeço
acordo
 recomeço
alguns pensamentos ...
REFLEXÕES
mexo-me
viro-me
 destapo-me
 arrefeço
mais pensamentos ....
TENTAÇÕES
reviro-me
tapo-me
transpiro
 endoideço
cem pensamentos ...
ALUCINAÇÕES
conto carneiros
mato carneiros
c'um caneco
não mereço
mil pensamentos ...
MALDIÇÕES
decido-me
levanto-me
visto-me
 tropeço
maus pensamentos ...

 PALAVRÕES !!!


Fê blue bird

22 comentários:

  1. Querida amiga

    E eu que tenho
    insônias homéricas,
    sinto como se fosse eu
    que tivesse escrito este texto...

    ___________________________________
    “Um sonho é uma parte de nós
    onde está guardada a semente da esperança.
    Cuidar desta semente é a minha,
    a sua, a nossa missão na vida.”

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderEliminar
  2. De mais, Fê!.... Ainda deu para rir, mas como eu sei como as insónias não têm graça nenhuma! Também sou difícil para dormir.
    Beijinhos e bons son(h)os.

    ResponderEliminar
  3. Quem ja nao teve assim uma noite onde as horas passam e o sono teima em nao vir ,maravilhoso momento ,muitos beijinhos querida amiga.

    ResponderEliminar
  4. Adorei tua inspiração e a insônia é um porre mesmo e merece palavrões! bjs, chica

    ResponderEliminar
  5. .
    ~ Mais uma para o grupo das amigas de vigília.
    ~ Ó as malvadas e turbulentas noites insones!

    ~ O teu poema está sentido e divertidíssimo.
    ~ Penso seria uma boa solução para este mal, um clube de boa disposição.
    ~ Não há nada melhor para superarmos males do que o humor selecto e inteligente.

    ~ ~ Grande abraço amigo. ~ ~
    ~~~~~~

    ResponderEliminar
  6. Não estás só Fê! Gostei da forma como descreves as malditas!

    Insónia
    minha grande inimiga
    quando se revela
    todos os tormentos da vida
    são os companheiros dela.

    É uma arma
    poderosa de destruição
    que em movimento
    bloqueia toda a minha motivação
    revelando-me todas as inquietações
    dando-me momentos longos
    de tribulações.

    Atormentando-me a mente
    impedindo-me de sonhar
    obstruindo os bons pensamentos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Ai prima, é da nossa família esse tromente de passar a noite a ouvir o roncar do companheiro que não sofre das insónias
    Kis :>}

    ResponderEliminar
  8. Faz assim, como eu faria
    Tira um tronco
    Baixa a fasquia
    Os carneiros, passam e pronto
    o sono surge solto

    (com um chazinho também passa)

    ResponderEliminar
  9. Levanta-te, vai à cozinha,
    faz um chazinho de camomila,
    toma-o com um Valdispert
    que químicos não te mete.
    Volta a deitar-te e de repente
    dormes calmamente...
    Como um anjinho inocente.

    Experimenta e verás
    como o sono te agarra
    e ficam os dois em paz.!

    Boa noite! :)

    ResponderEliminar
  10. Prima Fê
    Insónias, inspiradoras :)
    Muitos conselhos, para praticar...
    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Insónias que resultam em grandes escritos depois partilhados connosco.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Olá Fê.
    Belo texto, quem nunca passou por uma noite dessa, confesso não deu para segurar o riso, apesar de saber que insonia não tem graça alguma, para quem tem com freguesia é um pesadelo ,mas a forma espontânea que escreveu ficou bem descontraído. Obrigada amiga pela sua amizade e pelas palavras. Entrei rapidinho, só postarei e respoderei aos comentários domingo.
    Um lindo dia.
    Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  13. Olá, transforma as noites mal passada com sacrifício, num poema alegre, sua criatividade é enorme e bela.
    AG

    ResponderEliminar
  14. Para as insónias o melhor remédio é ler um livro: ou o sono chega ou acabamos de ler o livro que anda pendurado há que tempos!

    Um beijinho:)

    ResponderEliminar
  15. Amiga, como este mal ataca as pessoas! Disse bem e engraçado seu poema e suponho que seja assim mesmo!
    Graças a Deus, não sofro desse mal mas, do oposto, atiro-me na cama ja dormindo, nem um beijinho ou uma oraçaõzinha, como uma pedra! Também não é legal! bjs

    ResponderEliminar
  16. Pronto, ter insónias é horrível, mas o mini-filme e o poema estão super giros.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
  17. Pronto, ter insónias é horrível, mas o mini-filme e o poema estão super giros.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
  18. Eu tenho a vizinha de cima a contribuir várias vezes para esse assunto de que padeço nesses momentos.

    beijo.

    ResponderEliminar
  19. Uma cuidadosa análise da insônia, que aliás, anda me prejudicando ultimamente. Beijo! Renata

    ResponderEliminar
  20. Os caminhos da insônia... Tive que rir quando chegou aos palavrões. Bjs.

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird