quarta-feira, 3 de junho de 2015

Tenho tantas saudades ...

...da serenidade do teu rosto dormindo
 da tua voz que me acalma
da paz que te rodeia
 da luz que irradias
 e do teu riso
que me abraça
sempre que estou triste
...
tenho tantas saudades tuas
 filha linda
.






Pachelbel in the Garden

18 comentários:

  1. Prima, a saudade acompanga-nos. Triste sina
    Kis:=>}

    ResponderEliminar
  2. Que coisa mais linda e delicada...

    Beijos

    Ani

    ResponderEliminar
  3. Como diz a Ani é realmente belo e delicado.
    Gosto da gravura.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderEliminar
  4. Ui que poema lindo! Este poema servia para mim. hoje. Amei

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Amor de mãe sempre enorme querida amiga , saudades que tantas recordações lhe fazem lembrar tão belos momentos ,um lindo poema querida amiga ,muitos beijinhos .

    ResponderEliminar
  6. Mãe sempre tem saudades! Lindo! bjs, chica

    ResponderEliminar
  7. Imagino, minha querida amiga! As saudades da tua filhota devem massacrar-te muito! Sabes que ela está a fazer o que gosta...mas vá lá explicar-se isso a um coração de Mãe, na hora em que aperta a saudade?

    Como eu te entendo, Fê!!

    Um grande beijinho e tem paciência! Um dia , não muito longe, vais tê-la juntinho de ti.

    Abraço enorme de uma mãe que bem te percebe!

    ResponderEliminar
  8. A saudade as vezes dói! Lindo demais amiga!
    Beijos
    Amara

    ResponderEliminar
  9. Querida Fê: Não sei porque estas distante de tua filhota, mas seja lá qual for o motivo, tomara que esta distância se encurte o mais depressa possível e toda esta saudade fique bem esquecida no passado.
    São os sinceros votos desta mãe que compreende esta tua saudade doída.
    beijinhos,
    Léah

    ResponderEliminar
  10. Ouço a minha mãe dizer-me isso pelo menos uma vez por semana, Fê.
    Não se pode fazer nada.
    É a vida...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Quando temos os filhos longe, falta-nos sempre um pedaço de nós mesmos.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  12. Por muito bem que os filhos estejam, a distância incomoda.
    Beijinho, Fê.

    ResponderEliminar
  13. Existem saudades impossíveis de suportar.

    ResponderEliminar
  14. Fê, filhos longe provocam esse sentir, tão doloroso. Não os tenho, mas presencio os olhares de mães que os mencionam com saudade. A vida traz separações físicas, mas as almas permanecem unidas. Bjs.

    ResponderEliminar
  15. Saudade ! Essa palavra, sentimento, tão nossa, tão portuguesa, que tanto dói ! ... Mas querida amiga, por vezes, as razões da ausência, pesam bem mais, embora sem mitigar a dor ! :(

    Bjs.

    ResponderEliminar
  16. Bom dia Querida Amiga Fê.

    Saudade de filha distante, mesmo que seja para o futuro dela, deve doer amargamente, temos filhos emprestados por Deus, para educá-los e no tempo certo deixa-los voar , mas confesso nem quero pensar que um dia a minha filha vai se especializar em outro estado, imagino a saudade que deves está sentindo amiga, só de imaginar peço a Deus que alivie o seu coraçao. Amiga soube da partida do seu pai amado, outra saudade para machucar o seu coraçao tão lindo, cheio de amor para todos, sinto muito amiga pelo ocorrido. Um lindo final de semana cheio de muita paz. Que Deus a abençoei. Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  17. A saudade é um sentimento tão forte!

    Beijos-visite-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Viver com o peito cheio da distância...
    Força, amiga!
    Beijinho

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird