segunda-feira, 20 de julho de 2015

VIDA DE CÃO

Poucas coisas na vida são tão relaxantes como um bom banho de imersão
ou um banho de piscina num dia quente de verão.
Como se não bastasse, o cachorro do primeiro vídeo ainda conta com um tratamento especial .
Apreciem:




Mas, o inverso desta situação é que me preocupa.

Fotografia original: Ivan Bandura

Os animais não são mobília, não são brinquedos, objectos descartáveis ou decoração velha. Os animais não se podem deitar fora quando já não precisamos deles, quando nos estão a incomodar ou quando se tornam um peso que não previmos.
Todo o ambiente que rodeia um animal o afecta emocionalmente (e fisicamente), pelo que é preciso ter um grande cuidado, respeito e consideração por eles. Pela vida deles.
No entanto acabam abandonados. Todos os dias aparecem novos casos. Em Portugal, foram abandonados 30 mil animais só em 2013, um número que duplicou em cinco anos (fonte). O Brasil tem mais de 30 milhões de animais abandonados (fonte), com um aumento de abandonos que chega aos 70% durante as férias (fonte).
Os números são explícitos e falam por si próprios, mas a pergunta que fica é… como é possível abandonar assim os animais?

Para saberem a resposta a esta pertinente pergunta, cliquem  aqui .

*
 BOA SEMANA ! 


22 comentários:

  1. Os animais são muito bem tratados por aqui. Há sempre casos que são noticiados mas esses fazem parte das exceções. Vivem em casa, vão passear todos os dias com os seus donos; há locais especiais nos parques, vedados, onde podem correr à vontade, sem trela. Não se vê um cão a andar só pela ruas como tantas vezes vejo em Portugal; os donos andam sempre com os saquinhos de forma que as ruas e os passeios estão sempre limpos.
    Ah esses banhos! : )

    ResponderEliminar
  2. Oi Fê que lindo seu texto e faz com que eu volte alguns anos em que peguei
    um cão abandonado em uma caixa de leite na praça perto de casa e ele está
    hoje com 14 anos,na época deveria ter mais ou menos uns três meses.
    Bjs amiga e um Feliz dia do Amigo.
    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  3. É assustador o numero de animais abandonados aqui na Marinha Grande, um numero que aumenta todos os anos no verão, sim, muitos são abandonados na altura das férias.
    Já conhecia os videos, não canso de ver, são uma ternura.

    Beijinho Amiga, tem uma boa semana.

    ResponderEliminar
  4. Fiquei deliciada com os videos...
    Sou muito contra o abandono dos animais, mais vale não os ter, assim como se abandonam animais se abandonam pessoas.


    Beijinhos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Fê, no primeiro vídeo o cão está tão relaxado que nem se move (rss). É visível o contentamento deles, na piscina.
    Realmente, quem abandona os animais demonstra total falta de sensibilidade. Existe um apego que os destrói, na ausência do dono. Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Quando são bem cuidados eles se sentem felizes e amados mas o abandono acaba destruindo-os pois são animais fiéis e apegados aos donos. Abandonar animais é uma grande maldade. Se não quer cuidar então deixe-os para quem tem por eles verdadeiro afeto
    Amigos são os companheiros para todos os momentos escolhidos para figurar em nosso coração
    Você Fê é uma dessas pessoas maravilhosas que confirmam o valor da palavra AMIZADE. Feliz “Dia do AMIGO”
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. O post está maravilhoso e expressa bem as "duas faces da mesma moeda" ! Como em tudo, uns com sorte e outros com azar !
    Extremamente lamentável essa situação de abandono especialmente no verão ! :(( Horroroso !!!
    Há dias vi na TV duas situações muito interessantes :
    Numa um cão que estava tetrapelégico, que a dona deixou em tratamento de acordo e quando foi avisada que o podia ir buscar, impressionante a sua reacção ao ver o cão impecável a correr para ela, já totalmente curado !
    Noutra situação, um cão abandonado com sarna e sem pelo, foi tratado (como no 1º vídeo e talvez mais) e passados uns tempos, impecável !

    ;))

    ResponderEliminar
  8. Que ternura ,eu adoro animais ,inclusive tenho uma cadelinha pelo de arame que apanhei na rua ,hoje está feliz na sua nova casa ,acho que o mal das pessoas é mesmo a ignorância que têm ,pois quando vêm um cachorro pequenino pensam que não crescem ,não precisam de ter cuidados ,pensam que são simplesmente brinquedos ,e depois o mais fácil e deita-los fora como se de lixo se trata-se , eu quando vou de férias a minha caniche vai sempre comigo ,porque ela não come nem dorme se não tiver a nossa companhia ,os outros animais deixo sempre alguém a tratar deles ,pois nunca ficam sozinhos muitos beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. ~~~
    ~ Orgulho-me muito
    pelo facto da minha filha possuir uma linda cadelinha adotada.
    ~ Um meigo animal encontrado nos limites... Incompreensível!
    ~ Atos bárbaros que deviam ter castigo exemplar.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ~~~~~ Beijinhos. ~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  10. Hoje numa visita rápida inesperada estou aqui
    nesse dia consagrado aos amigos.
    Venho te deixar um abraço muito especial
    mesmo um pouco em falta nos últimos tempos.
    Mas logo espero estar retornando .
    Hoje é especial.
    Um feliz dia do Amigo.
    Amizade é tudo mas a palavra amigo tem peso pesado.
    Um beijo e uma semana abençoada.
    Fica com Deus.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  11. A humanidade contradiz-se.

    Pode-se transpor a situação canina para os humanos e crianças...pode ser horrivel.

    Beijo



    ResponderEliminar
  12. Pensei o que pensou a Pérola e a realidade já é horrível. O papa Francisco pegou no tema das crianças abandonadas
    e são dele estas palavras

    “Para se justificar, alguns dizem que foi um erro trazer a criança para o mundo (…) O erro é do mundo dos adultos, do sistema que nós construímos, gerando bolsas de pobreza e violência, onde os fracos são prejudicados”

    Lamento o que se passa com os animais
    mas com as crianças, lamento mais

    ResponderEliminar
  13. Amiga hoje fiz uma excepção, mas não resisti. Os Golden Retriever fazem-me lembrar o Brown Maria, têm uma personalidade muito idêntica. No primeiro vídeo, além de vermos um cão super relaxado podemos concluir que na China também há quem trate bem os cães e os veja como amigos, não como alimento.
    Adorei os vídeos e o alerta que fazes para que as pessoas comecem a ver os animais como seres vivos que sentem tudo o que lhe fazemos, quer seja bom ou mau. Este acreditam em nós e nós não lhe podemos falhar porque eles são seres bons por natureza.
    Beijinhos e boa semana.
    Ercília

    ResponderEliminar
  14. Dois filmes fantásticos. E temos que começar a saber viver em comunidade não só com os outros seres humanos mas também com todos os seres vivos que nos rodeia.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  15. Bom dia Amiga.
    Por mais que eu saiba que existem monstros por ai, porque na minha opinião quem abandona o cão é desumano e cruel. Ainda fico chocada. Eu amo a minha cachorrinha, é um amor que eu nem conhecia ser possível. Estou querendo viajar daqui a dois meses e já estou me programando para que ela tem o total suporte possível, isso é se não lava-la junto, farei o melhor para ela, a forma que eu cuido dela incomoda muita gente, dizendo que ate parece ser gente e minha resposta é não é ser humano mais tem os mesmo sentimento , sofrem , amam, sente saudade etc. Assistir ao um vídeo de uma senhora largando o seu cão que ate hoje estou chocada, muito triste a capacidade de muitos em amar, pois que ama ,jamais faz isso . Um lindo dia. Beijos.

    ResponderEliminar
  16. Infelizmente, quem não é amigo dos animais nunca será um bom amigo de ninguém! Gostei imenso de ver os vídeos, amiga Fê, mas tal como acontece com os seres humanos, nem todos têm a mesma sorte!
    Não compreendo como é possível que donos de animais tenham coragem de os abandonar, quando há tantos sítios onde os podem entregar quando vão para fora.
    Quem não tem capacidade afectiva consciente, para adoptar um animal não toma essa responsabilidade.
    Não tenho conhecimento pessoal de nenhum caso, mas oiço e acredito que assim seja.
    Pergunto: Onde está a estimação?
    Oh, mundo de gente hipócrita!!

    Um beijinho amiga e boa semana de férias, se for o caso.

    ResponderEliminar
  17. Não dá para perceber, como se pode abandonar um animal.
    Só pode ser gente sem sentimentos, que adquire um cão como se fosse um objecto, que usa e deita fora :(
    Revoltante.
    Beijinhos e bom resto de semana
    Ah, ia dar uma voltinha na psicina com aquele amiguinho de 4 patas

    ResponderEliminar
  18. Infelizmente o abandono surge...até de onde menos poderíamos esperar...

    Beijinho amigo

    ResponderEliminar
  19. Querida Fê, conhecia o primeiro vídeo (delicioso) mas não o segundo... Ambos ternurentos :)
    Sobre o resto, é maldade pura das pessoas inconscientes...

    Um beijinho amigo

    ResponderEliminar
  20. Quem se disponibiliza para ter um animal consigo, assume imediatamente a responsabilidade de o tratar bem. Se não o fizer, estará a faltar à sua 'promessa'.

    Com a devida vénia, registo e reforço uma frase do Rogério Pereira:
    'Lamento o que se passa com os animais
    mas com as crianças, lamento mais'

    Beijinho, Fê.

    ResponderEliminar
  21. Que vídeos tão giros e que lindos cães:)

    ResponderEliminar
  22. Querida amiga

    Quem não sabe amar
    um animalzinho
    e colher dele sua ternura,
    tão pouco saberá amar de forma alguma...

    Que estrelas brilhem em tuas noites.

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird