quarta-feira, 13 de abril de 2016

{o teu pequeno coração}

“Todos os seres são iguais, pela sua origem, seus direitos naturais e divinos e seu objectivo final.”
― Francisco de Assis

@

 nesta solidão em que me encontro

o teu pequeno coração

faz-me esquecer

os que partiram

os que deixei

 os que perdi


.
~~*~~
A solidão e o isolamento social têm vindo a crescer na nossa sociedade. Basta pensar na quantidade de idosos que vivem sozinhos nas cidades e aldeias do nosso país. Muitos deles possuem pouco ou nenhum suporte social. Um grande número tem um cão ou um gato. Os animais tornam-se fiéis companheiros, dando maior alegria e um sentido a uma existência que nem sempre é colorida.
Alguns estudos indicam que a qualidade de vida do idoso aumenta, assim como a sua longevidade. A inserção de animais de companhia em lares tem proporcionado oportunidades para os idosos conversarem, recordarem outros tempos, assim como para a sua estimulação sensorial.

a ouvir -  "The Cat Song" by Jimmy Scott.

26 comentários:

  1. Que imagem ternurenta, querida Fê!

    Ando numa fase mais fragilizada e este teu post pôs-me lágrimas no rosto, pela verdade que encerra!

    Isto está a ser muito frequente em mim, passar de alegria à prostração. Enfim...

    (Quando vi que tinhas tentado falar comigo, já tinha passado muito tempo e não sabia se seria oportuno ligar.)

    Beijinhos, Amiga Fê!

    ResponderEliminar
  2. Lindas palavras imagem e video amiga FÊ!
    Quantos idosos são esquecidos em um asilo sem se quer ter contato familiar e a simples presença de um animal,faz renascer essa alma tão sofrida que alegra-se diante desse carinho.
    Bjs e obrigada pela visita e comentário.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Linda imagem e essa parceria de animaizinhos e idosos faz muito bem! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Música linda e verdade indiscutível nas palavras, Fê! A imagem nos toca, profundamente. Nossos países não são mais de jovens e os idosos não recebem tratamento adequado, seja por parte do Estado, seja por parte da família. Não generalizo, mas é o que se percebe. Bjs.

    ResponderEliminar
  5. Esse isolamento dos idosos é um assunto que se agudiza com o crescente envelhecimento da população e as ainda fracas respostas que a sociedade tem para dar. A foto está uma verdadeira ternura.

    ResponderEliminar
  6. O vídeo e canção muito bonito. Realmente com a média de vida a aumentar, e a situação do país a levar os mais novos para a emigração, cada dia os idosos estão mais sozinhos. Graças a Deus estive sempre com os meus pais, a mãe no último ano tive mesmo que a colocar num lar, pois já não conseguia cuidar dela, mas ficou num lar na rua onde viveu por 40 anos, bem perto da minha casa e passava com ela a tarde inteira. Nos últimos três meses penso que ela nem se apercebia que eu estava lá.
    Não tenho animais, tanto eu como o marido temos problemas alérgicos. Também enquanto pudermos andar, passamos em casa só o tempo indispensável para comer, dormir, e manter a casa apresentável. de resto, as caminhadas, as tertúlias, as aulas da Universidade sénior, os passeios de estudo, e tudo aquilo que teria gostado de fazer em tempos e não pude fazer.
    E em dia internacional de beijos, deixo um abraço

    ResponderEliminar
  7. Querida Fê Uma grande e triste verdade o abandono em que os idosos em sua maioria se encontram. Por aqui também, além do empobrecimento a solidão e a falta de amor até mesmo dos familiares.
    Acredito piamente que a companhia de animais tragam algum conforto.
    Musica linda e a postagem me emocionou.
    beijos.

    Estava tentando consertar este meu computador que parece pegou ojeriza ao meu blog. Ele não publica ou quando o faz coloca somente uma parte do que escrevo e apagou as duas ultimas postagens, com comentários e tudo. Estou com muita raiva e desesperada com este computador.
    até breve (ASSIM ESPERO!)
    Léah

    ResponderEliminar
  8. Boa noite, querida Fê!
    Os idosos estão muto solitários ainda que frequentem mutos grupos... sentem muita saudade do que viveram e se sentem só agora... coitados! Sé não tenho animaizinhos mais porque me empatariam de viajar que gosto tanto...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  9. Boa noite querida amiga ,ao ler este momento querida amiga é tão triste a realidade de um idoso ,uns são deixados ao abandono nos hospitais ,outros deixados à sorte em suas casas sozinhos até que alguém lhes bata à porta ou se lembrem deles ,muitas das vezes já é tarde ,pois o tempo ,a solidão ,a falta de carinho de amor deixam marcas que jamais o tempo conseguirá apagar ,olho para os idosos nos lares e vejo a tristeza nos seus olhares ,sei que muitas vezes é a última alternativa ,mas também vejo os lares como armazéns onde são postos as pessoas que apenas esperam a morte ,pois muitos dos lares não têm condições ,infelizmente hoje os filhos também não têm tempo nem muitas das vezes querem ter trabalho ,mas basta olhar para os olhos de um idoso e ver que tira-lo do seu meio ,do seu lar ,da sua família é penoso demais ,enfim os animais muitas das vezes são a melhor companhia que podem ter ,pois pelo menos doam amor ao seu dono ,muitos beijinhos querida amiga.

    ResponderEliminar
  10. Há medida que a longevidade aumenta
    vão caindo valores
    A evolução
    faz aumentar o problema da solidão

    Na segunda-feira, cumpridas todas as formalidades, aconteceu a primeira reunião
    A associação foi registada com o nome "Desenhando Sonhos" e destina-se a dar juventude aos velhos... tivemos a desenhar as actividades em que se irão ocupar

    ResponderEliminar
  11. Ola Fê é triste esta realidade.
    Por aqui se vê muitos assim, a família os relega.
    A solidão é visível nos olhos deles.
    Que a consciência renasça nas novas gerações.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Esta realidade com que se deparamos no dia a dia e que me deixa muito triste!
    O teu post veio ao encontro de um episódio que assisti hoje, como te disse, perdi alguém muito querido, hoje no seu funeral existiam umas 300 pessoas, mas houve um outro funeral, de uma senhora que tinha 6 pessoas a acompanhar, tendo ela uma familia enorme, algo que me mexeu comigo.

    Beijinho Fê

    ResponderEliminar
  13. Quantos são os que têm os animais por (fiel) companhia, Fê?
    Muitos.
    E cada vez mais.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Até gosto da solidão, mas depende, tem dias. Assim como adoro animais e são, nesses momentos o melhor amigo .
    Beijo e uma feliz Quinta-Feira

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderEliminar
  15. Lindo a fotografia é de uma grande sensibilidade e ternura.
    Um abraço e uma boa Quinta-Feira.

    ResponderEliminar
  16. Querida Fê, gostei muito do teu post que descreve uma situação que é, infelizmente, cada vez mais presente na nossa sociedade: a solidão dos mais idosos. Está provado que ter animais de estimação ajuda a diluir um pouco essa solidão, mas os nossos idosos precisam também de pessoas com quem possam falar, desabafar, rir um pouco. Todos podemos oferecer uma hora da nossa semana para visitar um lar de idosos e, de alguma forma, levar um pouco de carinho e atenção àqueles que estão tão sozinhos, por vezes, confinados a um sofá em frente de uma televisão.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  17. Uma imagem que nos emociona!
    Um beijo e um bom dia.

    ResponderEliminar
  18. Mais um post maravilhoso e que mostra a tua sensibilidade, Fê ! :) ... Ternurento e faz-nos pensar nesses "velhinhos" isolados em suas casas ou mesmo em lares em que, quantas vezes, as suas melhores companhias são um gato !
    Felizmente que essa questão relativa ao acompanhamento dos idosos está a ser encarada também por esta via !

    Beijinhos, Fê ! ... É verdade ! Infelizmente, marquei-te falta ! :( ... mas "NÃO FALTASTE" ! rsrsrs

    ResponderEliminar
  19. a imagem é elucidativa ao teu texto excelente e real.
    um beijo
    :)

    ResponderEliminar
  20. Como é triste se ver isolado e sozinho, principalmente se não tiver um suporte espiritual.
    Belíssima postagem essa sua. A imagem é uma delícia! Muito amor aí, Fê.
    Bjk!

    ResponderEliminar
  21. Que imagem mais encantadora. Fiquei até uns minutinhos olhando para ela. É triste a vida de muitos idosos no nosso país. Eu acredito que os animais têm a força de ajudar no tratamento de muitas pessoas, inclusive dos idosos. Eles nos dão um carinho gratuito, que muitos adultos desconhecem ou não praticam. Linda postagem! Fiquei até emocionada. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  22. Que ternura, a da primeira foto! Haja quem acarinhe os animais que eles retribirão.

    Beijinhos, Fê :)

    ResponderEliminar
  23. Às vezes, é mesmo a única companhia que muitos dos nossos idosos, mesmo em zonas isoladas do interior, têm, por companhia...
    Um post repleto de sensibilidade, que muito me tocou, Fê!...
    Beijinhos! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  24. A imagem é um mimo! Os animais podem mesmo ajudar a enganar a solidão:)
    Não consegui ver o vídeo (culpa do meu computador!).

    Um beijinho e um bom fim-de-semana:)

    ResponderEliminar
  25. Olá, Fê!
    Uma realidade triste, ainda bem que os animais contribuem para alegrar a solidão :)
    Hoje tenho em casa uma gatinha novinha, convalescente, devido à esterilização de que foi alvo!
    Tenho outra com 11 anos e ambas me fazem sorrir!
    bjinho

    ResponderEliminar
  26. No pertinente tema realço a fotografia: co-mo-ven-te!
    Os animais são nossos amigos. Que assim seja! E nós? somos amigos dos animais?
    Desconfio haver tendência para a fuga, para a compensação no "bichichinho", descartando responsabilidades/necessidades de relação humana. Preguiça? Cães sem dono, donos sem cão, homens sem afectos: abandonos.
    Bons voos, FBB.

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird