quarta-feira, 22 de junho de 2016

O BANHO


Nicolas Martin - The Bath

Saltou da cama e começou rapidamente a despir a blusa, abriu o fecho da saia deixando-a cair no  tapete.
Ontem estava demasiado cansada para se despir, aliás nem se lembrava de entrar em casa.
- Que noite!!!
Tirou os collants rasgados...(-Que diabo,onde fiz isto?!) ...atirando-os para cima da cadeira ao lado da escrivaninha desarrumada e aberta.
Dirigiu-se para a casa de banho cambaleando e de relance olhou para o trinco de metal da porta pensando em o fechar mas achou que era tolice.
Abriu as torneiras da banheira, enquanto desapertava o soutien que colocou em cima do banquinho de madeira.
Contemplou-se no espelho alto através da porta entreaberta, não por narcisismo, mas num processo que só ela conhecia de se tranquilizar a si própria.
A sua nudez era bastante apetecível, qualquer homem se a visse assim teria que a considerar absolutamente perfeita.
Entrou para a banheira protegendo-se com as cortinas e meteu a cabeça debaixo da água morna. Sabia-lhe tão bem aquele abandono, aquele silêncio.
Passou-lhe despercebido o barulho da porta a abrir.


a ouvir -(Requiem For A Dream)

26 comentários:

  1. Entrega total aos pensamentos e relaxamento, num merecido banho... A porta abrindo é instigante! Lindo,Fê! bjs, chica

    ResponderEliminar

  2. Bem... isto tem continuação, não tem?
    É que pela banda sonora que tu escolheste, até temo já o pior! :)))


    Beijos de braços abertos
    (^^)

    ResponderEliminar
  3. Uma banda sonora... faz toda a diferença...
    A música dramática... deixa adivinhar um final idêntico...
    Sem som... a nossa imaginação... parece que nos quer empurrar para um final menos dramático, ou quem sabe, para uma boa surpresa!...
    Um texto, que nos prende a atenção... que nos deixa um final em aberto... para o interpretarmos... ouvindo a nossa imaginação...
    Belo post, Fê!... Que não nos condiciona de todo... a uma história... totalmente contada... para nos obrigar... a imaginar coisas e situações...
    Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  4. Fê, você provocou minha imaginação e fiquei engendrando vários finas, não sei se foi esta a sua intenção com seus leitores, mas amei esta sua tática provocadora. Se assim não for vou aguardar o final escrito por você, com certa ansiedade.Amei!
    beijinhos Léah

    ResponderEliminar
  5. E entrou aquele que sempre a fez feliz.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. E aí,a porta abriu e quem será que entrou para ver essa mulher despida e com tanta sensualidade?
    Espero que continue,para tirar a nossa curiosidade.rs
    Adorei Fê.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Soberbo texto!!Amei de verdade. Parabéns

    Beijinhos e um feliz dia

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderEliminar
  8. ~~~
    Que medo, Fbb!
    Apanhada completamente desprotegida?
    Há sinais que a menina não andou pelos melhores caminhos...
    Não te conecia neste registo... Estou a gostar...

    Beijinhos, querida amiga.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  9. tcham tcham tcham .. o texto poético sugere!
    Bonita foto e delírios.
    um abraço Fê

    ResponderEliminar
  10. É lindo...mas quero saber a continuação deste início de conto...que promete!
    beijinho

    ResponderEliminar
  11. Ui... quem seria? Ou muito me engano, ou vamos ter folhetim... Fico à espera.

    Beijinhos expectantes...

    ResponderEliminar
  12. Prima Fê
    Continue com essas tentativas literárias.
    Que se sai muito bem, com muita expectativa e sensualidade :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Adorei querida amiga ,maravilhoso momento que me deixou expectante ,muitos beijinhos no coração.

    ResponderEliminar
  14. suspense! a coisa promete ...

    texto muito bem escrito, não vou perder...

    ResponderEliminar
  15. Um texto perfeito. Cada palavra sugere uma tranquilidade e uma calma reconfortantes. Enquanto lemos, mergulhamos também a nossa cabeça na água morna até que... a última frase é de mestre! É quase um "banho de água fria"!
    Por favor, querida Fê, é para continuar, não é?

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  16. Bom dia e bom final de semana
    A felicidade não está no fim da jornada,mas em cada curva do caminho que percorremos para encontrá-la.

    ______________
    🌺🌻🌸🌷🌺
    (Érico Veríssimo)

    ResponderEliminar
  17. Deixaste-me com água na boca, porque não imagino o que se segue. Que tanto pode ser alguém com uma faca na mão como o gato que empurrou a porta.
    Gostei do texto, que é um conto, porque é apelativo.
    Fê, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Jaime,
      Gostei imenso do seu comentário pois espelha exactamente o que pensei e senti no fim de ler esta "tentativa literária" da nossa amiga Fê.

      Ah... e passei para desejar um Bom São João a quem o estiver a festejar!

      (^^)

      Eliminar
  18. para tentativa literária está muito bem escrito com todos os detalhes bem cuidados para a cena.
    fiquei a imaginar a continuação, mas vamos esperar para ver aliás para ler.
    eu deixo a porta totalmente escancarada e a janela também....:)
    bom final de semana
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  19. Que sensualidade, que assim continue até ao final!

    Bom fim de semana Fê.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  20. A porta fica aberta, nem precisas bater, entra quero ler a continuação com bons resultados para a europa. Bjs

    ResponderEliminar
  21. Bela arte do conto minha amiga.
    Uma bela descrição da personagem e o ambiente criado.
    E uma porta que se range...
    Gostei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Desconfio, pelo que li, que há-de haver capítulos anteriores. E posteriores também.
    Vejo neste excerto a arte da escrita que amarra o leitor no desejo de saber mais.
    Parabéns.

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird