sexta-feira, 11 de novembro de 2016

I'm ready, my Lord

21 de setembro de 1934,
10 de novembro de 2016,
Leonard Cohen, cantor canadiano e compositor de canções como "Suzanne" e "Hallelujah", morreu ontem aos 82 anos. A causa da morte não foi revelada, mas ele já dava indícios de que não estava bem de saúde. Perdeu-se um dos mais venerados visionários da música. 
Dono de um característico timbre seco e voz rouca, que foi ficando mais grave com o passar dos anos, Cohen lançou em Outubro último o disco "You Want It Darker". Nele, já fazia intensas reflexões metafísicas sobre a morte. 
A relação com Deus, amplamente abordada pelo cantor desde os anos de 1980, veio como uma carta de despedida, após a morte, em Julho, de sua musa Marianne Ihlen, aos 81 anos. Nessa época, numa entrevista à revista "New Yorker", declarou: "Estou pronto para morrer. Espero que não seja muito desconfortável". 
Nascido em Westmount, no Quebec em 21 de Setembro de 1934, Leonard Norman Cohen só passou a se dedicar à música depois dos 30 anos, quando se mudou para os Estados Unidos. Antes disso, ele já era conhecido como autor de romances e livros de poesia, mas, frustrado com as poucas vendas, decidiu explorar a composição musical. 
Em 2001, Cohen recebeu o prémio Príncipe de Astúrias de Literatura. Também foi candidato ao Prémio Príncipe de Astúrias das Artes, lançou livros de poesias como "Flores para Hitler" (1964), "Belos Vencidos" (1966) e "Comparemos Mitologias" (1956), além de obras em prosa, como o romance "O Jogo Favorito" (1963).
Na música, lançou 14 discos de estúdio entre 1967 e 2016. Cohen despontou durante as décadas de 1960 e 1970 junto a uma geração de poetas-compositores, como Bob Dylan, Paul Simon e Judy Collins. No seu círculo de amizades estavam frequentemente nomes como Andy Warhol, Jimi Hendrix e Janis Joplin.

*

You Want It Darker

If you are the dealer, I'm out of the game
If you are the healer, it means I'm broken and lame
If Thine is the glory, then mine must be the shame
You want it darker
We kill the flame

Magnified, sanctified, be Thy holy name
Vilified, crucified, in the human frame
A million candles burning for the help that never came
You want it darker

Hineni, Hineni
I'm ready, my Lord

There's a lover in the story, but the story's still the same
There's a lullaby for suffering and a paradox to blame
But it's written in the scriptures and it's not some idle claim
You want it darker
We kill the flame

They're lining up the prisoners and the guards are taking aim
I struggle with some demons, they were middle class and tame
I didn't know I had permission to murder and to maim
You want it darker

Hineni, Hineni
I'm ready, my Lord

Magnified, sanctified, be Thy holy name
Vilified, crucified, in the human frame
A million candles burning for the love that never came
You want it darker
We kill the flame

If you are the dealer, let me out of the game
If you are the healer, I'm broken and lame
If thine is the glory, mine must be the shame
You want it darker

Hineni, Hineni
Hineni, Hineni
I'm ready, my Lord

(Hineni)
(Hineni, Hineni)
(Hineni)


TRADUÇÃO

32 comentários:

  1. Uma perda muito grande. Que pena deixa.
    Paz à sua Alma
    Beijo e bom fim de semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/


    ResponderEliminar
  2. DEveria ter sido ele a receber o Nobel....

    Paz e Luz para Leonard!


    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Desapareceu um homem que eu muito admirava tanto como escritor como magnifico cantor que era, perdemos uma referencia no mundo da musica.
    Um abraço e bom fim-de-semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  4. Pena mesmo essa perda!Linda homenagem! bjs., chica

    ResponderEliminar
  5. Aos poucos vamos perdendo as referências musicais da nossa juventude.

    ResponderEliminar
  6. Um senhor, que pelo seu talento, ganhou o estatuto de imortal.
    Paz à sua alma.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  7. Foi com imenso pesar que soube da partida deste grande homem da música e das letras.
    Coincidência ou não também coloquei esta música num dos meus blogues, interpreto-a como uma despedida.
    Partiu , mas ficará sempre na nossa memória.

    Beijinhos Fê

    ResponderEliminar
  8. Os grandes personagens têm o condão de dar cor às nossas vidas.
    E até na morte, deixam um perfume subtil que nos ajuda a respirar.
    Que descanse em paz.
    Beijinho, amiga.

    ResponderEliminar
  9. Que Deus o receba.
    Bjs Fê.
    Um lindo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  10. Mais uma estrela brilha neste imenso céu ,assim é e sempre será a vida uma curta passagem onde todos deixaremos marcas para quem cá fica recorde em forma de saudade ,beijinhos querida amiga muitas felicidades

    ResponderEliminar
  11. Leonard Cohen não morreu
    Continua entre nós.
    Saibamos pois ouvi-lo
    Saibamos nós lê-lo
    Saibamos então merecê-lo.

    Bj, FBB

    ResponderEliminar
  12. Amiga Fê.
    Cada um de nós, à sua maneira, se despede deste grande senhor que será imortalizado através da sua obra.

    Será uma despedida física, sentida mais por quem com ele privava. Para nós, ele continuará a fazer parte das nossas vidas, de cada vez que o ouvirmos sussurrar, por exemplo, : "I'm Your Man".

    Até sempre, Leonard Cohen.
    Descanse em Paz.

    Um beijinho, amiga. Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  13. Vou continuar a ouvi-lo, como se estivesse entre nós !!!

    ResponderEliminar
  14. Tal como disse à Janita, não sei o que comentar!
    Sei que guardo na memória as suas musicas que ouvia na RFM no programa "Oceano Pacifico" dentro do meu carro porque não tinha vontade de ir para casa, depois da partida do meu marido, noite após noite, durante meses. Cá em casa ou no carro os CDs continuam a ser muitos muito ouvidos.

    Bom fim de semana.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Leonard Cohen morreu?
    Nem penses,
    velhos desses apenas adormecem

    ResponderEliminar
  16. Um a um vai indo os grandes...
    É a vida!

    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  17. Deixa um maravilhoso legado!!!
    Bjbj Lisette

    ResponderEliminar
  18. Fê,

    Que homenagem belíssima e excelente o seu texto com informações essenciais e um carinho
    seu pressentido em cada palavra para este Grande Poeta e Cantor, que se eterniza na sua
    arte e na memória de todos os seus fãs.
    Grata pela partilha preciosa e pelo beijinho solidário,querida.
    Um final de semana luminoso e na paz meditativa, querida Fê.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  19. Nunca gostei... (que se há de fazer?) lamento a sua partida, não obstante.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  20. É o Mundo que vai desaparecendo...os ideais, os valores...
    Bj

    ResponderEliminar
  21. ... a Sua morte apenas torna o Homem um Ser Divino.
    Poema com muito sentido e magnifico sentimento na interpretação.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  22. Já tenho saudades do bardo, Fê :(
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  23. Que saudade vai deixar este Senhor!

    Que descanse em paz

    Beijo- http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  24. Não sabia muito acerca da sua vida por isso obrigada por ma dar a conhecer!
    Perdeu_se o homem...mas fica a obra!
    O som é fantástico! Bj

    ResponderEliminar
  25. Nunca o iremos esquecer, Fê. Por isso ele não morreu...
    Uma boa semana, minha amiga.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  26. Um visionário... acredito que ele tinha a plena consciência que o mundo está a passar por uma fase mais negra... em muitas áreas... humanas... económicas... políticas... por vontade própria... enquanto a ganância, o egoísmo e a inconsciência, forem a força motriz da acção do homem no mundo...
    Também não encontrei melhor música do que esta, para lhe prestar homenagem... afinal esta letra, representa a visão mais recente e actual que ele tinha... de si... e do mundo...
    Concordo com a São!... Ele devia ter ganho o Nobel...
    Lamento não conhecer a fundo a sua obra! Apenas comecei a prestar mais atenção às suas músicas a partir dos anos 90...
    Beijinhos! Boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  27. Adoro, deixou um grande legado.
    Eterno.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  28. Adoro, deixou um grande legado.
    Eterno.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Um senhor magnífico, que nos deixou :((
    Fica para a História!
    bjs, Fê!

    ResponderEliminar
  30. Bom dia amiga!
    Linda homenagem.
    Uma pena quando um artista desse gabarito morre...
    Bjus

    ResponderEliminar
  31. Engraçado Fê, no momento que o Cohen se populariza aqui, devido uma musica sua em telenovela,
    somos informados de sua morte.
    Uma perda da arte musical.
    Muito boa sua homenagem.
    Abraços com carinho.
    Bjus

    ResponderEliminar



Obrigada por estarem desse lado!
Fê Blue Bird