quarta-feira, 29 de junho de 2016

Gestos de Paixão

Tatyana Ilieva

cliquem para ouvir - Jacques Brel - Ne Me Quitte Pas



 Gestos de Paixão

a mão que descai o simples gesto
a boca que humedeces, eu não mereço
estar de ti, dos teus lábios, perto assim

aos meus olhos, só teus olhos, pois o resto
deixo de ver, desaparece e até me esqueço
que eles não estão mais a olhar para mim

ia jurar que  fui eu quem deu um passo
quem pegou na tua mão, quem num abraço
declarou o seu amor, te fez sorrir

ia jurar que estou apaixonada
e que por ti me sinto arrebatada
pelo beijo que se torna a repetir

.


segunda-feira, 27 de junho de 2016

Prima Ballerina

pintura minha- óleo sobre tela- Junho 2016


Na tela em branco 
pinto os meus sonhos
e por uns instantes sou a primeira bailarina 
num palco só meu
e mesmo que não seja uma obra-prima
o prazer que me deu
fez o sonho  
ganhar vida

.






Prima Ballerina Assoluta

quarta-feira, 22 de junho de 2016

O BANHO


Nicolas Martin - The Bath

Saltou da cama e começou rapidamente a despir a blusa, abriu o fecho da saia deixando-a cair no  tapete.
Ontem estava demasiado cansada para se despir, aliás nem se lembrava de entrar em casa.
- Que noite!!!
Tirou os collants rasgados...(-Que diabo,onde fiz isto?!) ...atirando-os para cima da cadeira ao lado da escrivaninha desarrumada e aberta.
Dirigiu-se para a casa de banho cambaleando e de relance olhou para o trinco de metal da porta pensando em o fechar mas achou que era tolice.
Abriu as torneiras da banheira, enquanto desapertava o soutien que colocou em cima do banquinho de madeira.
Contemplou-se no espelho alto através da porta entreaberta, não por narcisismo, mas num processo que só ela conhecia de se tranquilizar a si própria.
A sua nudez era bastante apetecível, qualquer homem se a visse assim teria que a considerar absolutamente perfeita.
Entrou para a banheira protegendo-se com as cortinas e meteu a cabeça debaixo da água morna. Sabia-lhe tão bem aquele abandono, aquele silêncio.
Passou-lhe despercebido o barulho da porta a abrir.


a ouvir -(Requiem For A Dream)

segunda-feira, 20 de junho de 2016

BOA SEMANA ! :)

SERÁ QUE VAMOS CONSEGUIR UM AUTÓGRAFO DO RONALDO ?*
QUERIDO, ACHO QUE VAI CHOVER !*
O QUE SERÁ QUE DEU NELE ?*
MAMÃE, EU QUERO MAMAR !*
EU GOSTO É DO VERÃO !*

a ouvir - Eu gosto é do verão - fúria do açúcar 


fotos- Google
*legendas minhas

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Fecha os olhos e ...deixa fluir !


Mergulha, flutua, voa, renasce, canta, dança, sonha
 sente, cheira, ama, entrega
não segura, não complica, não obriga 
 deixa correr,
  deixa acontecer !
 
Há sons que nos entram na alma, viram-na do avesso e modificam-na. 
Senti isto quando ouvi pela primeira vez este mantra que evoca Krishna numa aula de meditação.
 Por isso estou a partilhá-lo convosco, espero que gostem e se sintam bem ao ouvi-lo.

BOM FIM DE SEMANA !


Om Namo Bhagavate~Deva Premal 

 Mantra é um som sagrado, uma vibração. Pode ser uma palavra, uma sílaba ou uma frase e possui uma energia e um poder espiritual muito forte.
Mantra é derivado de duas palavras: "man" que significa pensar e "tra" que significa ferramenta, ou seja, ferramenta para a mente. 


quarta-feira, 15 de junho de 2016

87 PRIMAVERAS


MÃE

nas tuas mãos que seguro docemente 

corre sangue lutador

 tantas lutas e quimeras d'um passado sofredor

As tuas veias são caminhos dolorosos

que os anos tornaram penosos

e que eu não sei como valer 

ai se o meu amor fizesse tuas dores desaparecer

MAS HOJE

estás feliz e festejaste

demos as mãos com alegria

e me beijaste

.
*foto minha

a ouvir -A ESTRELA DA MINHA VIDA -  FRANCISCO JOSÉ (cantor preferido da minha mãe)


Há uma estrela na vida
Que sempre nos guia
O bem nos conduz
Estrela que nunca é esquecida
De noite e de dia
Que tem sempre luz
Há uma estrela na vida
Que sempre nos guia
Com rumo a Jesus

Estrela benfaseja
Que eu amo e adoro
Que eu beijo e me beija
Que sofre e deseja
Chorar quando eu choro
Estrela que redime
Os nossos pecados
Em seu peito oprime
A honra e o crime
Que são igualados
Estrela tão branquinha
Que eu fiz dessa cor
Estrela tão velhinha
Que é minha e só minha
Tão cheia de amor
Estrela a quem imploro
Que é Santa também
Que eu amo é adoro
Que chora se eu choro
Só tu minha mãe

Estrela que redime
Os nossos pecados
Em seu peito oprime
A honra e o crime
Que são igualados
Estrela tão branquinha
Que eu fiz dessa cor
Estrela tão velhinha
Que é minha e só minha
Tão cheia de amor
Estrela a quem imploro
Que é Santa também
Que eu amo e adoro
Que chora se eu choro
És tu minha mãe.



segunda-feira, 13 de junho de 2016

"Pra não dizer que não falei das flores" *

* Geraldo Vandré - PIANO











hoje
eternizei-as
lindas e frescas ficarão para sempre
é assim que as quero recordar
nada iguala a beleza
das minhas primorosas flores
mas não consegui captar
os seus odores.












roubei um pedaço ao sol
e nasceu esta
parece uma festa
aquece o olhar 
e aquele lugar cá dentro
que protesta
tal como a poesia
que quero fazer um dia.







a túlipa é a mais modesta
não tem cheiro e é mais esguia
quer companhia
mas não pode sair do lugar donde a plantei
para a próxima saberei
colocar outra mais perto
pois assim é que está certo.














eis a rainha
do meu jardim
altiva, bela, cheirosa
"Não me toques 
sou uma Rosa."
disse ela para mim
jardineira vaidosa
do seu sorriso carmim.












Mas hoje há festa em Lisboa
manjerico "erva dos amores"
St´António me perdoa
por falar de outras flores. 




fotos minhas

sexta-feira, 10 de junho de 2016

UM ACREDITAR !

Portugal visto do espaço


Terra  Mar
Partida  Dor
Caravela Saudade
Descoberta Valor

Amália  Fado
  Pastéis de Belém
Poucos Lembrados
Muitos Zé Ninguém

Futebol  Ilusão
Sardinhas  Povinho
Bacalhau  Broa
Azeitonas Vinho.  

Pessoa  Camões
Poetas  Milhão
Fátima Milagres
Fé  Devoção.

Fome Desencanto
 Trabalho  Procura
Emigrar  Pranto
Distância Amargura

Esperança Incerteza
Futuro   Sonhar
Portugal  Firmeza
UM ACREDITAR!




Amália Rodrigues canta " Alma Minha " Letra: Luís de Camões





terça-feira, 7 de junho de 2016

“Erótica é a alma”. *

* frase de Adélia Prado

no domingo em Almada
 
❝ Querendo ou não, iremos todos envelhecer. As pernas irão pesar, a coluna doer, o colesterol aumentar. A imagem no espelho irá se alterar gradativamente e perderemos estatura, lábios e cabelos. A boa notícia é que a alma pode permanecer com o humor dos dez, o viço dos vinte e o erotismo dos trinta anos.
Erótica é a alma que se diverte, que se perdoa, que ri de si mesma e faz as pazes com sua história. Que usa a espontaneidade pra ser sensual, que se despe de preconceitos, intolerâncias, desafetos. Erótica é a alma que aceita a passagem do tempo com leveza e conserva o bom humor apesar dos vincos em torno dos olhos e o código de barras acima dos lábios; erótica é a alma que não esconde seus defeitos, que não se culpa pela passagem do tempo. Erótica é a alma que aceita suas dores, atravessa seu deserto e ama sem pudores...❞
Fabíola Simões


a ouvir - "Olavo Bilac - A Velhice"






quinta-feira, 2 de junho de 2016

Cuida-te !

Há dias em que a saudade me bate com tanta força, que quase me sufoca.
E por muito que procure, não encontro palavras, curas ou definições, que amenizem esta dor. 
Cuida-te, minha filha !



a ouvir - Imany "Take Care"