quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Até 2017 !


Insisto não ser tristeza
Soluçar sobre uma mesa
E mais não ser deste mundo
Meter navios no fundo
Num caminho de esqueletos
Sempre se plantam gravetos
E se a velhice for tua
Senta-a no meio da rua.


José Afonso


*


A vida é uma jornada feita de imprevistos e tristezas, mas também de dádivas e alegrias.
De vez em quando tropeçamos nos trechos mais acidentados, mas levanta-mo-nos e prosseguimos.
Neste novo ano que se aproxima há um novo caminho à nossa espera.
A coragem e a vontade de o percorrer tem que ser uma constante.
A todos os que me são queridos e que aqui passam, um enorme beijo e um sorriso.
Aos que não se dão a conhecer, uma mão aberta de boa vontade.
Para cada um, um desafio:
- Que a paisagem à nossa volta não nos seja indiferente.
Até 2017!




Fê Blue Bird

*

domingo, 18 de dezembro de 2016

Para os AMIGOS :

@


" À medida que os anos vão passando, vou ficando cada vez mais distante desta "corrente consumista" que nada tem a ver com o verdadeiro espírito de Natal. 
Se eu pudesse, ia para um lugar tranquilo longe deste bulício da cidade e das luzes artificiais. Mas não posso, pois a vida com a sua imprevisibilidade criou ao meu redor uma teia de situações que me prendem à cidade. 
Quem disse que a vida era fácil ? 😏
Estava a pensar não publicar mais nada antes do Natal, pois o meu tempo para estar aqui convosco é cada vez mais escasso, mas hoje recebi dois poemas do meu professor de poesia que não podia deixar de partilhar.
São estas dádivas que fazem com que os meus dias tenham momentos perfeitos!
Renovo os meus votos de Boas Festas, para todos que fazem o favor de ser meus amigos e que vão desculpando estes meus devaneios.😊

Bem-hajam!

Fê blue bird


*


 NOITE DA NATAL 


Uma noite escura e fria
 Noite de inverno,
 Devia ser uma noite de alegria
 Mas no bairro de lata é um inferno,
Devia ser uma noite mesa posta 
Com pratos suculentos de amizade,
 Com abraços e beijos de ternura, 
 Sem a miséria dos pobres tão exposta,
 Sem crianças a sofrer 
 Por não terem p´ra comer
 Amor e pão, 
 Sem mães a chorar de ansiedade, 
 Sem velhos mergulhados na amargura,
 Sem avós a morrer de solidão. 

Uma noite escura e fria 
Que o poeta queria cantar dum outro modo,
 Juntando num poema o mundo todo
 Em palavras abraço-fraternal
 Mas no negrume só se ouve a ventania 
 Gritando ao poeta que se cale, 
Porque seus versos vão contra a corrente.
 O poeta, porque o é, não vai calar, 
 Arrancará do peito a dor que sente
 Erguerá aos céus a sua voz
 Que ecoará para lá da noite escura,
 Num verso que é um hino aos que estão sós,
 Aos que sofrem da fome a vil tortura
 E que nem ao menos têm um jantar 
 Nesta noite escura e fria de Natal. 

 2016-12-16- Nogueira Pardal

*

NATAL 2016

 Ah! Se eu fosse o poeta que sonhei
 Cantar-vos-ia o soneto mais perfeito 
 Escrito com o amor que há no meu peito
 E as palavras mais belas que não sei.

. Ah! Mas todos os versos que cantei
 Paridos com total falta de jeito
 Na solidão soturna do meu leito 
 São o tudo, tão pouco, que vos dei. 

 Mas hoje, meus amigos, tenho esp’rança, 
 Porque o sonho mais sonho não me cansa, 
 Dum poema dos outros desigual. 

Um poema que exorte a amizade
 E nos conforte com a enorme felicidade
 De todos sermos um neste Natal.

 2016-12-17- Nogueira Pardal 



O Holy Night - Instrumental with lyrics 


*

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Como vou adornar a minha árvore de Natal?

VII Interacção Fraterna de Natal
É com imenso prazer que aceito o convite feito pela minha querida amiga Roselia para participar na
Sétima Interacção Fraterna de Natal cujo tema é :
Como vou adornar minha árvore de Natal ?

 - Neste Natal ao invés de enfeites,
vou adornar a minha árvore com os nomes de todos os meus amigos.
Os amigos próximos e distantes.
Os antigos e os recentes.
Os que vejo todos os dias
e aqueles com quem raramente me encontro.
Os sempre recordados e os às vezes esquecidos.
Os constantes e os instáveis.
Os das horas difíceis e os das horas felizes.
Os que feri sem querer ou sem querer me feriram.
Aqueles a quem conheço profundamente
e aqueles que conheço pouco.
Os que pouco me devem
e aqueles a quem devo muito.
Meus amigos jovens e meus amigos mais velhos.
Meus amigos humildes e meus amigos importantes.
Os nomes de todos os que passaram pela minha vida.
Os que me admiram e estimam sem eu saber.
E os que amo e estimo sem eles saberem.
Neste Natal a minha árvore vai ter raízes profundas,
para que seus nomes jamais sejam arrancados da minha vida.
Uma árvore de ramos longos, para que novos nomes se unam aos já existentes.
Uma árvore de sombra muito agradável,
para que a nossa amizade seja um momento de repouso, no meio das vicissitudes da vida.


**
*A. Gomes*
 *Abelharuco*
* AC*Adélia*Afrodite* 
*Agostinho*Ailime*Aline* 
*Aluisio Cavalcanti jr * Alê* 
*Amara Mourige*Ana Freire*Ana Martins* 
*Ana Tapadas*Anajá Schmitz*Anete*Ani Braga*
*Anita*Antonio Gallobar*António Dias*Arlete Mourige*
*AS Nunes*Avogi*Beatriz*Benó*Blue Shell*Briseis*Brown*
*C.N.Gil*Calu*Carlos B.Oliveira*Carmem Grinheiro*Carmen Lúcia*
 *Carpe Diem* Catarina* Celle *Cidália* Daniel C.Silva* Diana Fonseca* Egléa*
*Senna*Elvira Carvalho*Emanuel Moura*Eufrázio Filipe*Evanir*Farol cham. Amizade* 
*Francisco*Fá menor*Ghost e Bindi*Gigi*Gisa*Gracinha*Gracita*Graça Alves*Graça Pires*
*Graça Sampaio* Gábi* Helena* Helga Piçarra* Henrique A. Ferreira*Inês*Irene Alves* Isa Sá*
*Isabel*Jack Lins*Jaime Portela*Jan* Janita* Jo* José Carlos S.Anna* João Menéres* João Roque*
*João Soares*Juni Biscuit*Lenalima*Lia*Lilian Lima*Lilá(s)*Lis*LopesCa*Lucia*Lucinha* Lunático*
*Luís Coelho*Luísa*Léah*Lídia Borges*Majo Dutra*Manu*Manuel Alves*Manuel Luís*Manuela Barroso*
*Maria*Maria*Maria Claudete*Maria Dos Anjos*Maria Luiza *Maria Luísa Adães*Maria Rodrigues*Maria Teresa*
*Mariazinha*Mariazita*Marilene*Maripa*Maristela Arteira*Mary Brown*Mel*Mia*Mia dos Santos *Mina*Mirtes Stolze*
*Miss Smile*Miuíka*Murillo Japa*MZ*Márcia*Mãe Jana*Nai*Nanda Olliveh*NENO*Nequéren*Nidja Andrade*Odete Ferreira*
*Olinda Melo*Patrícia Pinna*Paula*Pedras Nuas*Pedro Coimbra* Pedro Luso*Petrus Monte Real*Piedade Araújo Sol*Pérola*
*Raphael M.*Ricardo Calmon* Ricardo Menezes*Ricardo Santos*Rita*Rodrigo*Rogério Pereira* Rosa Branca* Rosa Carioca*
*Rosa Solidão*Rosemeri Pellens*Rosélia Bezerra *Rui Espírito Santo*Rui Pascoal*Rui Pires* *Sheyla* Silvana Haddad*Sinval Silveira*Smareis*Sol*Sonia Tolfo*Susana Lopes*Suzete Brainer*SÃO*Sérgio Pontes* Tais Luso*Teté * Teófilo Silva*Toninho* *Vera Lúcia*Verena*von Noke*Yves*Zi Santos*Zilani*Célia Zizi Santos *
http://www.idade-espiritual.com.br/2016/12/como-vou-adornar-minha-arvore-de-natal.html
cliquem no selo e apreciem as demais participações.
Fê blue bird
*

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Mãe, neste Natal quero um baú !

Katie m. Berggren - Painting intimate moments of motherhood


- Mas, para que queres um baú?
- Mamã, tu não entendes! Eu quero um baú vazio para poder encher. Tens algum MUUUUUITO grande?
- Não! Mas posso ajudar-te, porque precisas dele, o que queres guardar lá dentro, podes dizer-me? 
- É difícil explicar aos crescidos o que queremos porque vocês não entendem nada, mas vou tentar. Quero um baú para guardar sonhos ! Eu tenho muitos sonhos - aquelas coisas que queremos muito ver acontecer um dia - quero guardá-los todos no mesmo lugar para poder ir buscá-los quando precisar deles. Assim, quando acontecerem,  posso tirar esse e meter outro sonho novo nesse lugar. 
- Hum... e que sonhos tens tu ?
- São TANNNNTOS que ficam baralhados, às vezes! Achas que posso ter um baú para não perder nenhum sonho? Eu prometo que ficam todos arrumadinhos como deve ser. É que os crescidos, como não têm baús daqueles que eu quero, o dos sonhos, perdem os sonhos depressa e depois...já não sabem sonhar!

 Fê blue bird



Sweet Dreams (Lorie Line) piano

*

 AGRADEÇO A TODOS OS AMIGOS QUE PARTICIPARAM NESTE MEU DESAFIO.

💖

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

"ACONCHEGO" em cinco palavras e uma imagem .

 DESAFIO DA FÊ 


DESAFIO SUPERADO, OBRIGADA !

AMIGOS QUE PARTICIPARAM COM IMAGEM E TEXTO:


 "um abraço que nos envolve."
Fê blue bird

*

"Sentir-me enlaçada no teu abraço."
Janita

 *

 "Sustentabilidade quando nos falta chão."
 Ana Freire

*

" Maravilhoso o aconchego de Mãe ! "
Rui Espírito Santo

*

 " Aconchego é quando encontramos total compreensão! "
Tais Luso

*

"Permanecer num ninho preparando vidas."
Toninho

*

"Abraçar com corpo e alma."
Roselia Bezerra

*

"O Aconchego no ventre materno."
Carmen Lúcia

"O aconchego de abraços amigos. "
Majo Dutra

*

"É a escuta que acolhe. "
Norma Emiliano



 " Seguro abrigo de quem ama!"
 Gracinha

 *

"Conforto, paz, descontracção, carinho, tranquilidade."
Pedro Coimbra
  *

"Dar colo à alma, consolo ao corpo e ao juízo."
Rogerio G. V. Pereira

*


 AMIGOS QUE PARTICIPARAM COM TEXTO:

"Aconchego, enlace da alma em todo o nosso sentir."
Rosa-branca

*
"Aconchego é quando nos sentimos abraçadas com carinho mesmo que este abraço tenha siso tecido com os fios invisíveis da amizade através desta nossa telinha que nada tem de virtual pois o aconchego é bem real." 
 Gracita

*
"ACONCHEGO:SABOROSO ACTO DE AMOR"
  SOL

*

 "Aconchego às vezes vem num simples aperto de mão."
Léah

*


 AMIGOS QUE PARTICIPARAM COM COMENTÁRIO:


Elvira Carvalho
 💖
 A TODOS VÓS MEUS AMIGOS AGRADEÇO A VOSSA PARTICIPAÇÃO .

BOA SEMANA !

 

💙 

 


Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo um sorriso sincero, um abraço,
Para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade.

Que bom poder estar contigo de novo
Roçando teu corpo, beijando você
Pra mim tu és a estrela mais linda
Teus olhos me prendem fascinam
A paz que eu gosto de ter

É duro ficar sem você vez em quando
Parece que falta um pedaço de mim
Me alegro na hora de regressar
Parece que vou mergulhar na felicidade sem fim.


De Volta Pro Meu Aconchego- Elba Ramalho

  *