sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Natal...

Photobucket
Está-se a aproximar uma quadra que eu sinceramente não aprecio e não aprecio porque transformou-se o Natal num apelo ao consumo desenfreado.
Parece que mesmo que não queiramos, lá estamos nas intermináveis filas dos supermercados, dos embrulhos etc...
Há filas em todo o lado, na estrada, nas bombas de gasolina...até nas farmácias...enfim! Eu que infelizmente vivo junto a um grande centro comercial, sou "vítima" deste fatídico destino.
Quando os meus filhos eram pequenos ainda achava alguma graça a tudo isto, pois só para ver a carinha de felicidade deles na noite de Natal, tudo valia a pena...mas agora, não há menino Jesus que me valha.
Aliás quem me conhece sabe que detesto fazer compras, roupas então fico tão deprimida que até me tornei uma compradora por catálogo, pelo menos experimento as roupas em casa e se não servirem envio-as de volta.
Depois parece que só no Natal é que comemos, aparece tudo e mais alguma coisa para nos obrigar a comer e a fazer comida. Eu que até nem gosto muito de bacalhau e peru... bem estou completamente out desta quadra.
Bem...há uma coisa que gosto de fazer...decorar a sala para o Natal, gosto do cheiro do pinheiro, das velas acesas, das pinhas e bolas coloridas, das luzes piscando...e da família reunida.
Afinal e pensando bem... acho que o espírito de Natal já me apanhou :)

1 comentário:

  1. O Natal... é o que queremos que seja.

    Nestes últimos anos, sempre que chegava o mês de Outubro, ficava apreensiva: estava a chegar o Natal... como é possível que uma época que sempre esperei com tanta alegria (não só pelas prendas, que o que eu mais gostava era ter a família toda à volta da grande mesa de Natal), se transformou numa época que me deixava assim?

    Este ano, decidi que iria ser diferente. E vai ser.

    Que venham de lá a árvore, os enfeites, o presépio... e, o mais importante: a família e os amigos. Porque o Natal é aquilo que queremos que seja.

    Feliz Natal, querida amiga (antecipado...)

    ResponderEliminar

Todos os comentários serão respondidos e as visitas retribuídas.
Prometo ser tão breve quanto a minha saúde e disponibilidade o permitir.
Obrigada, por me darem 5 minutos do vosso tempo.