quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Acordo ortográfico.

Tenho andado a adiar escrever sobre este assunto, porque apesar de achar que as línguas evoluem naturalmente, não consigo ou não quero adaptar-me ao novo acordo ortográfico.
Tomei contacto com alguns textos, li uma descrição concisa de alterações "impostas" pelo novo acordo ortográfico e apesar de achar no mínimo de mau gosto algumas das alterações e, principalmente, as incoerências facilmente detectáveis, não sou contra o acordo ortográfico, nem a favor, simplesmente ignoro-o.
Vou continuar a escrever o mesmo Português que escrevo há cerca de quatro décadas. Vou continuar a escrever, correctamente, o Português que aprendi com uma professora extremamente exigente.
Lerei e compreenderei os textos que se me apresentarem nessa nova metamorfose do Português, da mesma forma que consigo ler um texto em Português mal escrito.
Mas desculpem lá, vão ter de tolerar o meu Português arcaico.

4 comentários:

  1. Penso exatamente o mesmo, algumas coisas vão parecer, autênticos, disparates.
    No teatro não sei se, assista ao 3ºato (acto) ou se ato os sapatos ;-)

    ResponderEliminar
  2. Essa é também a minha posição. Não sou a favor nem contra, stou-me marimbando. Burro velho não aprende línguas

    ResponderEliminar
  3. Mas que ideia mais absurda que eles tiveram e, ainda por cima com a aquiescência daqueles a quem devia pertencer a defesa da nossa linguagem. Pouco se tem feito por isso, desde os livros bastante caros à quantidade inusitada de telenovelas brasileiras e agora isto! Não sei se consiga adaptar a minha escrita às novas alterações mas concerteza que não farei qualquer esforço nesse sentido.

    ResponderEliminar
  4. Pelas conversas que tenho tido e pelo que tenho lido acho que muita gente não vai aderir a este absurdo, mas infelizmente as criancinhas vão começar a aprender a nova ortografia e mais tarde ou mais cedo temos que nos adaptar. O que falta mais perder da nossa identidade, sinceramente tenho pena !

    ResponderEliminar

Todos os comentários serão respondidos e as visitas retribuídas.
Prometo ser tão breve quanto a minha saúde e disponibilidade o permitir.
Obrigada, por me darem 5 minutos do vosso tempo.