quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Não basta abrir a janela


Não basta abrir a janela
Para ver os campos e o rio.
Não é bastante não ser cego
Para ver as árvores e as flores.
É preciso também não ter filosofia nenhuma. 
Com filosofia não há árvores: há idéias apenas.
Há só cada um de nós, como uma cave.
Há só uma janela fechada, e todo o mundo lá fora;
E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela.

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"

13 comentários:

  1. Uma bela reflexão,

    Beijinhos


    Ana

    ResponderEliminar
  2. Abrir o coração é o fundamental e ele é, a mais pura porta ou janela para este mundo!

    beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Com esta mudança seu blog ficou lindo.
    Parabéns!!!
    Belo poema.Sempre tem alguém que não quer ver.
    beijos!!!

    ResponderEliminar
  4. Pois não... não basta. E é por isso que continuamos a sonhar :)

    ResponderEliminar
  5. Muito lindo este poema ,grande momento de reflexao ,que a porta do nosso coraçao seja livre como a brisa suave do vento que acaricia a nossa alma,beijinhos Fê

    ResponderEliminar
  6. Não, não basta
    Mas tudo começa
    Ao se abrir uma janela
    Não só para ver para fora
    Mas para sentir o que entra
    por ela

    O sonho nada tem a ver com janelas
    O sonho tem mais a ver com portas abertas

    ResponderEliminar
  7. Olá,
    Abre a janela...para entrarem os amigos. Os sonhos? esses não os vês, pois o que vês é a obra do homem....e este vai matando os sonhos - fecha a janela, fica tu com eles....


    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Meus amigos e amigas:

    O meu pai, com 82 anos, colocou na quarta-feita um pacemaker e ontem à tardinha fui buscá-lo ao hospital, felizmente está em franca recuperação. Apesar da falada crise nos hospitais, verifiquei uma dedicação de todo o pessoal hospitalar acima das minhas expectativas, o que me faz continuar a ter esperança na nossa gente, nas nossa qualidade humana.
    É esta solidariedade e grandeza que devemos enaltecer para nos ajudar a fazer fase a tanta injustiça de quem não percebe nada de valores humanos.
    O respeito pelos nossos velhos, nossos jovens, nosso povo, deve ser a nossa bandeira, hoje e sempre.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Gostei do texto de Caeiro.

    E mais ainda do teu esclarecimento sobre o (bom) funcionamento dessa unidade hospitalar.
    As melhoras do teu Pai.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Abre a Janela e Vê eu sou o Sol...

    Bom fim de semana

    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Amga Fê,
    que bom teres constatado que apesar de tudo o que vai mal no nosso país, ainda existem muitas qualidades humanas nos profissionaos da saúde e eficiência nas unidades hospitalares. Isso faz-nos realmente acreditar que nem tudo está perdido.
    Estimo as melhoras do teu Pai e que tudo corra pelo melhor, amiga!

    Quanto so post...uma verdadeira maravilha, essa janela aberta para um mundo colorido e tão belo.
    O heterónimo de Pessoa...é sempre ...Pessoa!

    Beijinhos, minha querida.
    Desejo para ti e família um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Fê,
    O texto de Caeiro nem necessita de mais palavras, diz tudo como sempre.
    Quanto ao teu Pai, só posso ficar feliz e desejar rápida recuperação e saber que tem sido bem acompanhado - ainda há quem seja Humano -, além de saber que o podes ainda ter com essa idade, que Deus o conserve por muitos mais.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Fè espero que o teu Pai esteja já completamente recuperado. Um beijinho grande para ti

    ResponderEliminar

Todos os comentários serão respondidos e as visitas retribuídas.
Prometo ser tão breve quanto a minha saúde e disponibilidade o permitir.
Obrigada, por me darem 5 minutos do vosso tempo.