sexta-feira, 23 de abril de 2021

A HORA DO LOBO II - Poema de Maria João Brito de Sousa

Quando li este poema, que a poeta Maria João Brito de Sousa , gentilmente escreveu num comentário neste blogue, senti imediatamente a necessidade de o publicar em destaque.
Ao pedir-lhe autorização, obtive prontamente esta resposta:
 "Partilhe-o como muito bem entender. Agradeço-lho não só por mim como pelos lobos que embora vejamos sempre como seres que põem em risco os bens humanos, são, acima de tudo, seres de grande importância no equilíbrio dos ecossistemasMaria João Brito de Sousa "

 *

Autor: Gilles Desjardins


 A HORA DO LOBO II


*

 
Percorri estepes que nunca pisei

Usando a voz do lobo que não sou;

“Matei, sempre que a fome mo ditou,

Mas nunca além de quanto precisei

*

Fui pai ou mãe dos filhos que gerei,

Uivei de orgulho sempre que outro uivou,

Morri quando o meu tempo se acabou

E, quer creiam, quer não, também chorei.

*

Chorei a morte do meu companheiro

Que devolveu à estepe o corpo inteiro

Quando por vós seguido e acossado.

*

Alma, não sei se a tenho ou se a não tenho,

Mas do mais alto abismo me despenho

Antes de algum de vós me haver domado!”

*


Maria João Brito de Sousa – 12.04.2020 – 17.46h

~~*~~


Perfil de Maria João Brito de Sousa

Interesses : Poesia, poesia, poesia... pintura e animais humanos e não humanos  

Frase Favorita : Ver muito além de ver 


*


A Natureza é um ser inconstante. Se uma coisa muda, pode afectar todo o ecossistema. 
Na verdade, não há lugar onde o efeito borboleta seja mais visível do que na Natureza. 
Veja-se o Parque Nacional de Yellowstone nos Estados Unidos, por exemplo. 
Esta enorme reserva natural não foi o lar de lobos durante 70 anos, mas quando eles foram reintroduzidos, toda a paisagem do parque mudou radicalmente. 
É incrível como uma matilha de lobos pode causar uma mudança tão drástica, mas isto é apenas a forma como a Natureza funciona. 
É exactamente por isso que precisamos pensar, criar e ter mais acções para explicar como as "nossas acções" afectam o meio ambiente.
Uma pequena mudança é o suficiente para perturbar o equilíbrio de ecossistemas inteiros.

 COMO LOBOS MUDAM RIOS (Legendado)

42 comentários:

  1. Está perfeito, Blue Bird! :)

    Muito obrigada e um GRANDE abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que lhe agradeço, Maria João,
      os seus poemas e comentários, enriquecem sempre este meu cantinho.

      Um GRANDE ABRAÇO também para si.

      Eliminar
  2. Que maravilha! Foi bom publicares aqui pois assim todos ,mcomo eu, podem ver!ADOREI! bjs às duas., chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um poema comovente, de uma poeta que admiro imenso. Tenho o privilégio de a ter como comentadora .
      Beijinho grato amiga Chica.

      Eliminar
  3. Há lobos por opção, que certamente não terão a devida fama à altura dos seus feitos, ao contrário dos lobos de condição... cuja fama que os acompanha, costuma ser manifestamente exagerada...
    Acho o lobo um animal admirável! E que não faz jus à fama que o injustamente o acompanha, como um animal cruel e traiçoeiro... Solitário ou em matilha... apenas tenta sobreviver... e no processo, desempenha um importante papel, como o vídeo anexo, tão bem o revelou. Há alguns anos atrás tinha visto um documentário sobre o ocorrido em Yellowstone, com a reintrodução dos lobos, pelo que estava a par de tal importante mudança, naquele lugar tão emblemático... e tal vem reforçar o precário equilíbrio das relações entre as várias espécies, no mundo... e em como tudo está interligado... tal como esta pandemia, nos veio também recordar...
    Adorei o belíssimo poema, que traçou um notável paralelismo entre lobos e humanos... sendo que muitos dos últimos... no seu habitat próprio, as sociedades... apuraram requintes de malvadez, que os lobos de condição jamais tiveram...
    Um post de excelência, por aqui! Parabéns, a ambas!
    Um beijinho! E votos de um excelente fim de semana, com saúde!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana,
      Concordo em absoluto com a introdução do seu comentário.
      Todos os animais desempenham um papel importante para o equilíbrio da natureza. Equilíbrio desfeito, assim que o homem invade o espaço que a eles pertence.
      Como acho que já lhe disse, tenho o prazer de ter uma filha bióloga de conservação, portanto este tema é-me particularmente caro.
      A poeta Maria João, é de uma sensibilidade notável, como revela este seu poema.
      Agradeço-lhe, como sempre, a profundidade dos seus comentários .

      Um beijinho, bom fim de semana, e muita saúde !

      Eliminar
  4. Olá, querida amiga Fê!
    O vídeo é fabuloso.
    Como percebemos a teia ambiental em tudo. Somos seres interligados independente de aceitarmos ou não.
    A criação inteira faz parte de uma rede e o não cuidado do todo passa a destruir pouco a pouco cada um.
    "Quer creiam, quer não, também chorei"...
    Uma excelente matéria por aqui uma vez mais.
    Escritora excelente sua "homenageada"!
    Que seu final de semana seja abençoado!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite, querida amiga Rosélia!
      O vídeo mostra-nos que ainda podemos estar a tempo, de reverter a destruição do planeta.
      Basta respeitar todos os seres que o compõem.
      Tenho a sorte, de ter aqui, excelentes amigas e escritoras, como é também o seu caso.
      Fim de semana abençoado para si também, minha amiga.

      Um grande e carinhoso beijinho.

      Eliminar
  5. Poema fasc8inante como fascinante e maravilhosa é a sua autora, a grande poetisa: Maria João Brito de Sousa
    Uma pérola poética sem dúvida alguma.
    .
    Feliz fim de semana
    Cumprimentos poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou de acordo com tudo que escreveu Ricardo.
      A poeta Maria João Brito de Sousa, merece todo o destaque.

      Feliz fim de semana para si também.

      Cumprimentos retribuídos.

      Eliminar
  6. Um poema sublime! Parabéns amiga!
    *
    Gotículas celestiais ...
    -
    Beijo e um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidália,
      Estou de acordo, um poema sublime.
      Os parabéns são para a autora, Maria João Brito de Souza.

      beijinho, feliz fim de semana também para si!

      Eliminar
  7. O lobo _ esse sobrevivente_ inspiração para uma bela poesia da poeta Maria João.
    Obrigada por compartilhar, Fê.
    Como é maravilhoso o mundo dos animais, o vídeo também me encantou.
    Abraço,
    _e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lis,
      Sem dúvida, um lobo é um dos animais que felizmente ainda resiste, à ferocidade do homem.
      Foi um prazer compartilhar, a poeta Maria João, e o seu poema.

      Um abraço, e bom fim de semana também para si.

      Eliminar
  8. Um belíssimo poema da Maria João, uma poeta que muito admiro.
    Abraço, saúde e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já somos duas a admirá-la, Elvira.

      Abraço, saúde e bom fim e semana também para si.

      Eliminar
  9. Olá, amiga Fê!
    Maravilhoso soneto! Onde está bem patente, a capacidade de superação nos momentos difíceis.
    Confesso que não conhecia esta autora.

    Muito Obrigado, pela excelente partilha!

    Votos de um excelente fim de semana!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, amigo Mário!
      Pode ler mais poemas, no blogue da autora que indico na minha publicação, vai ficar fascinado, pela criatividade e talento da poeta Maria João.

      Beijinho grato, e excelente fim de semana!

      Eliminar
  10. O documentário “COMO LOBOS MUDAM RIOS” é inacreditável.
    Já somos três a admirar a POESIA de Maria João Brito de Souza — entre muitas outras admiradoras e admiradores.
    UM ABRAÇO da amiga de longe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga de longe :)

      Tinha este vídeo guardado para uma ocasião futura, quando li o poema da nossa querida poeta Maria João, pensei logo nele, mas com "quebra de salto" para não tirar o protagonismo ao poema.
      Eu escrevo por aqui uma coisas a que chamam poemas, mas POESIA, é o que a Maria João escreve.

      Retribuo o abraço e a amizade.

      Eliminar
  11. Bom dia
    Quando a natureza e a poesia se transformam em maravilha .

    JR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, JR

      Estou completamente de acordo consigo!

      Obrigada!

      Eliminar
  12. É um sobrevivente... ataca quando o atacam e protege a natureza de uma forma única.
    Um poema sublime, grata por o partilhar.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta,

      Aprendeu a sobreviver, e continua alutar pelo espaço que merece.
      Foi mesmo um prazer partilhá-lo.

      Beijos e abraços também para si.

      Eliminar
  13. Sinto-me um tanto "desasada" quando recebo grandes elogios, mas fico muito feliz por este soneto a tantos ter merecido tanta atenção :)

    Mais uma vez agradeço à Blue Bird e a todos os amigos que leram este soneto e entenderam a sua mensagem.

    Excelente vídeo! O Lobo merece-o, sem sombra de dúvida, e nós, humanos, também merecemos o esclarecimento; somos todos parte de um imenso e deslumbrante TODO que, a todo o custo, há que conhecer, respeitar e preservar.

    Um enorme e grato abraço para todos! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Maria João,
      Nós, que temos o prazer de a ler, é que agradecemos, a partilha deste e de todos os seus poemas.

      Quando reiniciei este blogue, esteve quase três anos inactivo, foi para desfrutar, escrever, ler e comentar, só quem e aquilo que me desse prazer, como é o seu caso.

      Da minha parte, receba um enorme e agradecido Abraço !

      Eliminar
  14. Um poema lindo para a homenageada e que a Fê teve a boa ideia de dar a conhecer.
    O vídeo é lindo e dá-nos uma visão de como os lobos são parte importante deste mundo em que vivemos.
    Parabéns para as duas :)

    Beijinhos Fê

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manu,
      O poema lindo é da homenageada.
      O vídeo faz-nos ver como todos os animais, neste caso os lobos, são importantes.

      Beijinho grato.

      Eliminar
  15. Belíssimo soneto de uma enorme sensibilidade, que toca o nosso coração.
    O vídeo é fantástico mostrando-nos a importância de cada animal no ecossistema e nos recorda como todos estamos interligados.
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Rodrigues,
      Também sou da mesma opinião quanto ao soneto da Maria João, e quanto ao vídeo.
      Boa semana, e obrigada!

      Beijinhos

      Eliminar
  16. Olá, Fê, um luxo de postagem, amiga, com o vídeo aprendi o que não sabia, e o poema tocou numa parte sensível nossa, o coração, maravilhoso poema!
    Parabéns a você por essa maravilhosa postagem e para poeta Maria João, brilhante.
    Beijinhos e um bom domingo, amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Taís, obrigada!

      Quando vi o vídeo pela primeira vez, emocionei-me, assim como me emocionei quando li o soneto da poeta Maria João.
      Tinha que os juntar!

      Um beijinho, e continuação de bom domingo.

      Eliminar
  17. Olá, amiga Fê!
    Muito Obrigado, pela visita e gentil comentário no meu cantinho.

    Passei por aqui, relendo este lindo poema, e desejar um feliz domingo!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde amigo Mário, eu é que lhe agradeço.

      É sempre com prazer, que leio e comento os seus poemas.
      Continuação de feliz domingo também para si.

      Beijinhos.

      Eliminar
  18. O soneto retrata na perfeição a delicadeza do assunto aqui abordado!
    Gosto do vídeo... Bj Fê

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracinha,
      Fico feliz com a sua apreciação de ambos.

      Beijinho grato.

      Eliminar
  19. Bom domingo, Fê!
    Um poema bonito, profundo e com uma mensagem tocante. O ser humano e os animais, bem como toda natureza, precisam de amor, dedicação e respeito.
    Uma boa semana... O meu abraço...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo consigo em absoluto, Anete.

      Boa semana também para si.
      Retribuo o abraço!

      Eliminar
  20. Uma bela partilha.
    Admiro muito os sonetos da Maria João e admiro-a como Poeta com letra grande.
    Beijinhos a ambas.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Maria João, merece o nosso aplauso.
      Uma verdadeira Poeta.

      Beijinho e obrigada, Piedade!

      Eliminar

Todos os comentários serão respondidos e as visitas retribuídas.
Prometo ser tão breve quanto a minha saúde e disponibilidade o permitir.
Obrigada, por me darem 5 minutos do vosso tempo.