quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Sonata De Outono *


"Quando as aves partirem no oiro do tempo e eu ficar só, descansarei nesta terra fértil sorrindo maliciosamente ao outono da vida."

Fê blue bird 


Sergey Nesterchuk

*

Sonata De Outono *
Carlos do Carmo

  

 Inverno não ainda, mas outono 
A sonata que bate no meu peito 
Poeta distraído, cão sem dono
Até na própria cama em que me deito 

Inverno não ainda, mas outono 
A sonata que bate no meu peito 
Acordar é a forma de ter sono 
O presente, o pretérito imperfeito 

Mesmo eu de mim próprio me abandono
Se o rigor que me devo, não respeito
 Acordar é a forma de ter sono 
O presente, o pretérito imperfeito

 Morro de pé, mas morro devagar
 A vida é afinal o meu lugar 
E só acaba quando eu quiser 

Não me deixo ficar, não pode ser 
Peço meças ao Sol, ao céu, ao mar 
Pois viver é também acontecer 

A vida é afinal no meu lugar 
E só acaba quando eu quiser.


~~*~~

50 comentários:

  1. A foto emociona, é deslumbrante. Carlos do Carmo um homem da cultura que deixou obra escrita e cantada para os vindouros. Elogiável publicação
    .
    Um dia feliz … Abraço
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo,
      esta foto também me cativou e inspirou.
      Carlos de Carmo, um grande senhor da música portuguesa.
      Feliz fim de semana.
      Um abraço!

      Eliminar
  2. Uma foto que retrata tão bem a vida noutros tempos. Apesar de ainda existir!
    Comovi-me com o falo e letra. Fez-me "viajar" ao passado... ://
    -
    Tricoto sonhos e ilusões

    Beijos, boa noite!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidália, é verdade esta foto faz-nos lembrar as nossas avós e o olhar bondoso também.
      Fico feliz por ter apreciado.

      Beijinho e feliz fim e semana!

      Eliminar
  3. „Sonata de Outono“ lembra-me o último filme do realizador sueco.
    Agora vou ouvir o Carlos do Carmo, cuja vida acabou, mesmo sem ele querer — digo eu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Sonata de Outono" foi o único filme que o maior realizador sueco e uma das maiores atrizes suecas de todos os tempos fizeram juntos.
      A vida acaba assim, sem querermos - acho eu.

      Eliminar
  4. Poesia maravilhosa ,mas a foto valeu e tocou fundo!Perfeito post! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Chica esta foto prende-nos imediatamente.

      Obrigada amiga.

      beijinho e feliz fim de semana!

      Eliminar
  5. "Poeta distraído, cão sem dono
    Até na própria cama em que me deito."

    Boa noite, querida amiga Fê!
    Que bonita música e acalma o coração o aconchego do Outono!

    "Viver é também acontecer ".
    Eu creio, amiga.

    A imagem da senhora é um espelho, quem puder ler que leia...
    Tenha dias abençoados, amiga/mana, junto dos seus amados!
    Beijinhos carinhosos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Mesmo eu de mim próprio me abandono
      Se o rigor que me devo, não respeito"

      Boa noite querida amiga Rosélia.
      Carlos do Carmo é considerado o maior cantor e intérprete masculino de fado português.

      Também creio amiga que "Viver é também acontecer ".

      Um espelho de bondade, humildade e encanto. Tanto que podemos ler naquele rosto bondoso.

      Fim de semana de luz e paz minha mana.

      Beijinho grato com carinho.

      Eliminar
  6. Olá, amiga Fê.
    Belíssimo poema, esta "Sonata de Outono", numa interpretação notável, do imortal Carlos do Carmo!

    O poema, retrata na perfeição, o percurso de vida de todos nós.

    Imagem muito bem escolhida.

    Parabéns, pela excelente partilha!

    Continuação de boa semana, amiga Fê.
    Beijinhos, com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite amigo Mário.

      Concordo plenamente consigo, o poema retrata a nossa vida, e concordo também que Carlos do Carmo é imortal.

      A imagem comove-nos e encanta-nos sem dúvida!

      Desejo-lhe um feliz fim de semana meu amigo.

      Beijinho grato com amizade e carinho.

      Eliminar
  7. Querida Fê, antes de tudo, quero agradecer a tua ida ao Começar de novo e as amáveis palavras que lá deixaste. Quanto a teu comentário, fiquei um pouco " baralhada " com esse spam, pois, apesar de 12 anos de blogue, continuo uma " nódoa " nas novas tecnologias. No entanto, resolvi pesquisar e lá cheguei; encontrei o " fugitivo " e já está no seu devido lugar. Fiquei muito feliz com o nosso " encontro " e prometo cá voltar, pois há muito que te conheço de outras paragens e aprecio muito o que escreves. Hoje fico por aqui, mas, antesm quero deixar-te um grande abraço carregadinho de amizade e votos de boa saúde para todos aí em casa
    Emilia 🙏 🌻

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vinda ao meu cantinho querida Emília.
      Estava destinado "conhecermo-nos formalmente" este ano (risos).
      Pois o spam anda sempre à espreita dos mais distraídos :)

      Devolvo também com amizade esse grande abraço e claro desejo também muita saúde para ti e para os teus.
      Até à próxima!

      Um beijinho.

      Eliminar
  8. Apreciei o texto introdutório da sua autoria.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  9. A vida escreve-se em nós e na Terra que nos abraça...
    Brilhante...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. “Lembra-te que és pó e ao pó voltarás”
      (Gn 3,19)
      A terra é a nossa essência.
      Obrigada Marta!

      Um beijinho

      Eliminar
  10. A sua frase/pensamento é genial.
    Carlos do Carmo é inesquecível.
    Continuação de boa semana, amiga Fê.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela sua apreciação tão positiva amigo Jaime.
      Carlos do Carmo é único!

      Continuação de boa semana, também para o meu amigo.
      Beijinho.

      Eliminar
  11. O teu pensamento está tão bonito e como descreves tão bem a foto de quem ainda amanha a sua terra e sorri para quem a quer ver.
    A Sonata de Carlos do Carmo é genial porque de facto foi alguém que marcou muito a diferença no seu meio.
    Adorei vir aqui e muito obrigado pela tua magia.
    Beijos sinceros e um bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta foto cativou-me e inspirou-me, fico feliz por ter apreciado tanto a foto como a minha frase.
      Concordo, Carlos do Carmo é insubstituível.
      Eu é que agradeço a sua visita, Fatyly.

      Beijinho com carinho.

      Eliminar
  12. Que o Outono da vida chegue com saúde e paz.
    Tudo perfeito, a foto, as suas palavras e a sonata de Outono de Carlos do Carmo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim espero e desejo amiga Maria.
      Fico muito feliz por tudo ser dos eu agrado.

      Beijinho grato.

      Eliminar
  13. lindo texto com foto que nos deixa a pensar e a musica waounh bravo bjs saude

    ResponderEliminar
  14. Emocionante foto e belíssimo poema cantado, muito lindo!!!

    Beijinhos saúde e paz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Fatyma.
      Também estou de acordo consigo.

      Beijinho, saúde e paz também para si.

      Eliminar
  15. Fê, querida, como estás?
    O Fado é maravilhoso, que letra... bota reflexão nisso!
    A foto da Senhora é fantástica, fiquei a olhar, a olhar...É a vida, a senhoria ainda mostra um sorriso de felicidade, que lindo!
    E gostei muito do teu pensamento, abrindo a postagem!
    Deixo o desejo de um lindo fim de semana e um beijinho!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Taís,
      dou-me muito mal com o frio, este ano está a ser difícil. Tive também o azar de partir um dente, tirei-o na quinta-feira, eu que detesto ir ao dentista, mas isso é outra história :)

      Todas os temas de Carlos do Carmo possuem mensagens para refletirmos, este não é exceção.
      A foto realmente está perfeita! Aliás o fotografo tem fotos deslumbrantes, quando puder espreite:
      https://www.photo.net/8556881#//Sort-Newest/All-Categories/All-Time/Page-1

      Obrigada querida amiga, também espero e desejo que esteja bem.

      Um beijinho, feliz fim de semana!

      Eliminar
  16. Lido e ouvido
    só me ocorrem palavras suas
    "Ando devagar porque já tive pressa e levo esse sorriso porque já chorei demais."

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei que lhe deu atenção merecida. Obrigada!

      As palavras não são minhas são de Almir Sater, mas identifico-me também com elas.

      Beijinho.

      Eliminar
  17. Olá, amiga Fê.
    Passando por aqui, agradecendo a visita e gentil comentário, e deliciar-me com esta magnífica Sonata de Outono, cantada pelo Carlos do Carmo.

    Votos de um excelente fim de semana, com muita saúde!

    Beijinhos, com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela gentileza de vir de novo ao meu cantinho, amigo Mário.

      Agradeço e retribuo os seus votos de um excelente fim de semana.

      Beijinho com amizade e estima.

      Eliminar
  18. A fotografia é o teu poema. Casamento perfeito. A música pro cenário completa a erudição.
    "A vida é afinal no meu lugar
    E só acaba quando eu quiser." - esses versos me representam. Perfeito!!
    Aplausos , amiga, sua sensibilidade, repito , é iluminada.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre gentil querida Maria Lucia.
      Fico muito feliz por se ter identificado com o poema de Carlos do Carmo.

      As suas palavras são um incentivo para mim, agradeço-lhe de coração.

      Grande e apertado abraço.

      Eliminar
  19. foto muestra de vida ,encanto de versos y una gran canción Fe Blue ha sido un placer estar aqui , mis saludos y feliz año , atentamente . jr.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vindo Jose Ramon!
      Obrigada pelas suas palavras de apreço.

      Feliz Ano Novo também para si e para os seus.

      Um abraço.

      Eliminar
  20. Un poema emocionante y encantador, la foto habla por si sola. Besos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hanna, é verdade, a foto diz tudo, nem precisa de legenda.

      Obrigada por gostar da minha publicação.

      Beijinho.

      Eliminar
  21. Fê,
    Que belo Sonata, amei!
    Agradecendo a sua visita e desejando um feliz domingo.

    Beijinhos com carinho 🌹

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Fatyma,
      é um prazer quando gostam do que publico.

      Feliz semana minha amiga.

      Beijinho com igual carinho.

      Eliminar
  22. Passei para ver as novidades.
    Aproveito para lhe desejar um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto sempre de o ver aqui Jaime, apesar de nesta data não ter mais novidades :)

      Boa semana também para si meu amigo.

      Beijinho

      Eliminar
  23. Poema que nos deixa a pensar, e bonito sem dúvida.
    A foto está ternurenta e gostei.
    A música também.
    Uma postagem muito bem elaborada.
    Bom domingo ou o que resta dele.
    Uma boa semana com saúde e paz.
    Beijinhos
    :)
    http://olharemtonsdemaresia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida Piedade, este poema tem muito a nos dizer.
      Obrigada por teres gostado do que publiquei, para mim é um incentivo.

      Boa semana com muita paz também e que a saúde não nos falte.

      Beijinhos
      :)

      Eliminar
  24. Confesso que adorei descobrir este tema de Carlos do Carmo! Não me recordo de o ter ouvido!
    Belíssimo e tocante, o seu pensamento, Fê, que não se poderia harmonizar melhor com a imagem escolhida! Sempre escolhas perfeitas, por aqui!... Beijinhos!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos do Carmo tem felizmente tantos bons temas musicais, que acabamos sempre por descobrir novas maravilhas.
      Fico muito grata pela sua apreciação amiga Ana.

      Beijinhos

      Eliminar

Todos os comentários serão respondidos e as visitas retribuídas.
Prometo ser tão breve quanto a minha disponibilidade o permitir.
Obrigada, por me darem cinco minutos do vosso tempo.